Formação e Recrutamento

  • Suportado pela experiência do Grupo Sommet Education, líder na formação em Gestão Hoteleira, e pelo recentemente inaugurado Innovation Hub da Les Roches Crans-Montana (Suiça), “SPARK” foi criado com o objetivo de se tornar uma das iniciativas mais importantes da indústria da última década, a partir de uma instituição de ensino 

A partir de 3 de dezembro, a Les Roches Marbella Global Hospitality Education vai tornar-se um campus tecnológico vivo, mais um passo importante para a consolidação da posição de liderança em formação em gestão hoteleira e turismo de luxo. “SPARK” é um projeto global que tem por objetivo reunir experts em tecnologia digital, influenciadores e inovadores da indústria de hotelaria sob a esfera da Inovação.

Concebido como uma plataforma bidirecional e alimentado pelo talento de alunos, profissionais, professores e empresas, “SPARK” Innovation Sphere da Les Roches é, segundo Carlos Díez de la Lastra, Diretor Executivo da Les Roches Marbella, “a oportunidade de “entrelaçar o talento de nossos ex-alunos, estudantes e profissionais de mais de 90 países com os interesses e necessidades de um setor que exige, hoje mais do que nunca, apostar na tecnologia como forma de crescimento. Os nossos licenciados vão ser atores vitais neste novo ecossistema digital de hospitalidade e turismo”.

Uma vez inaugurado, o campus Les Roches Marbella vai tornar-se um ambiente de inovação aberta, onde soluções são criadas e testadas com o objetivo de desenvolver o futuro da hotelaria através de tecnologia experimental (Inspire).  Haverá também um espaço para marcas, empresas e fornecedores partilharem tendências de mercado e avaliarem o impacto da tecnologia e inovação no desenvolvimento do negócio (Ignite).  E ainda uma incubadora de empresas, formada por professores e especialistas que ajudam os novos empreendedores a concretizarem as suas ideias inovadoras no sector do turismo (Incubate). Tudo isto acompanhado por novos módulos de ensino que visam adquirir os conhecimentos essenciais para competir com garantias de sucesso (Inspire & Ignite).

Como ponto de partida “SPARK” (https://lesroches.edu/spark-innovation-sphere) conta com o apoio e colaboração da Câmara Municipal de Marbella e de oito empresas de tecnologia ligadas à robótica, (Macco Robotics), automação e controlo de espaços (Enkoa), materiais (Valyro), automação residencial inteligente (Miralay), segurança inteligente (Assa Abloy), mobiliário (ID projects), experiência (Astroland), gastronomia (Natural Machines) e turismo de vanguarda. Cada uma destas empresas irá lançar diferentes projetos na sua área de negócio com o objetivo de envolver também toda a comunidade Les Roches no seu desenvolvimento e crescimento. “SPARK” Innovation Sphere by Les Roches conta já com 12 propostas criativas, 11 das quais em fase de pré-incubação e uma em fase de desenvolvimento. A indústria da hotelaria segundo Carlos Díez de la Lastra “está perante um dos períodos mais emocionantes da formação especializada em hotelaria”.

Registo para o evento online do lançamento de “Spark” (Dezembro 3 – 14:00): https://zoom.us/meeting/register/tJ0ldeqvqD8qGtyNqxhBSwOc1LrRl90nX1fk

Dar resposta ao crescente interesse em saber mais sobre os vinhos nacionais e as diferentes regiões vitivinícolas e adequar as suas sessões de formação ao contexto atual de pandemia constituem o ponto de partida para a criação da “Wines of Portugal Online Education Course”, uma iniciativa da ViniPortugal. Dirigida a profissionais da restauração e retalho e a consumidores que procuram aprofundar o conhecimento técnico sobre vinhos, esta academia online arranca no dia 1 de Julho. A inscrição é gratuita.

Disponível no site Wines of Portugal, este curso desafia os interessados a saber mais sobre a diversidade das 14 regiões vitivinícolas através de seis módulos educativos, que cobrem uma variedade de tópicos relacionados com o sector, desde história, regiões vitivinícolas, castas, vinhos fortificados e  espumantes à harmonização de comida e vinhos e comparação de castas portuguesas com castas estrangeiras.

Em cada módulo será fornecida informação aos participantes sobre o tema da sessão, seguindo-se um questionário no qual serão avaliados os conhecimentos. É possível avançar para o módulo seguinte ao ter aproveitamento igual ou superior a 80% nesse teste. O curso foi pensado para se adequar ao ritmo desejado e ao tempo disponível de cada participante, sendo possível descarregar os conteúdos para um estudo mais pormenorizado e retomar o curso mais tarde a partir de onde estava quando fez logout da sessão. No final dos seis módulos, todos os participantes recebem o certificado Wines of Portugal, que atesta a conclusão da formação com sucesso.

Para o Presidente da ViniPortugal, Frederico Falcão, “esta academia online é um contributo da ViniPortugal para manter e estimular a formação e educação sobre Vinhos de Portugal, beneficiando das mais-valias das plataformas online. Apesar do momento excepcional que se vive, entendemos haver oportunidade e desejo por parte dos diferentes públicos de aprofundar o conhecimento sobre terroirs, castas e de vinhos que temos e que fazem de Portugal um produtor vitivinícola único. Para além da promoção internacional, esta academia responde ao propósito da ViniPortugal de contribuir para a expansão da cultura de vinhos no nosso País”, conclui o Presidente da ViniPortugal.

Estão abertas as candidaturas às Escolas do Turismo de Portugal, até 15 de julho, através de um processo exclusivamente online e gratuito para alunos nacionais e estrangeiros, em http://escolas.turismodeportugal.pt/.

Cozinha, Pastelaria, Restauração e Bebidas, Turismo de Natureza e Aventura, Turismo Cultural e do Património, Hotelaria/ Alojamento e Gestão de Turismo, são alguns dos cursos disponíveis nas 12 escolas do Turismo de Portugal que apostam num programa formativo abrangente, focado no talento das pessoas, no desenvolvimento de soft skills, na inovação e na internacionalização dos profissionais do turismo, como base do sucesso do setor em Portugal.

Face aos desafios dos últimos meses, as 12 escolas da rede do Turismo de Portugal têm vindo a introduzir mudanças significativas na sua organização e metodologia de formação. Forçadas a uma mudança repentina e confrontadas com a necessidade de criar novas soluções, as escolas reforçaram os seus projetos de transformação digital, criando soluções de ensino à distância que serão a base para as mudanças introduzidas no próximo ano letivo.

Assim, em 2020/2021 serão desenvolvidos projetos de escola virtual, com a criação de serviços de suporte online, nomeadamente, suporte pedagógico, apoio ao estudo, desenvolvimento pessoal e criativo, entre outros serviços, sem a necessária presença física na escola.

Todos os cursos de especialização tecnológica terão uma modalidade de ensino online, onde se prevê que 15% a 20% da carga horária teórica seja realizada neste regime. Serão também iniciados programas formativos em regime de e-learning e b-learning, com recurso a uma plataforma específica e com ofertas próprias, de que é exemplo um curso inédito de Iniciação à Prova de Vinhos com arranque previsto para julho. 

Através da disponibilização de percursos mais flexíveis, que conjugam formação online e formação presencial, reduzindo os períodos de permanência física na escola, pretende-se também reforçar a atratividade internacional das escolas.

A internacionalização da oferta formativa continua a ser uma das vertentes das Escolas do Turismo de Portugal, no próximo ano letivo, através da cooperação internacional com outras escolas e formadores no desenvolvimento de projetos online e formação complementar online.

Todas as mudanças implementadas têm estado a ser acompanhadas por um plano de capacitação das equipas das escolas e de formação de formadores, que garante o desenvolvimento de novas competências digitais e de novos métodos e estratégias de aprendizagem a distância.

Através da sua rede de 12 escolas, o Turismo de Portugal forma mais de três mil alunos por ano, sendo este um dos pilares da atuação da Autoridade Turística Nacional que contribui, assim, para a competitividade e qualidade do serviço prestado pelas empresas e agentes do setor.

Junte-se ao diretor do programa Scott Dahl para um webinar ao vivo dedicado ao nosso novo mestrado em estratégia de hospitalidade e transformação digital. Descubra os objetivos e o conteúdo do programa, os requisitos de entrada e os resultados de aprendizagem, além de aproveitar a oportunidade para fazer qualquer pergunta que você tenha sobre o novo programa.

A instituição de ensino Les Roches convida a juntar-se a Dimitrios Diamantis, decano de estudos de pós-graduação, junto com um estudante atual de MBA, para dar a conhecer informações em primeira mão sobre o MBA líder do setor – o único MBA em tempo integral atualmente oferecido por uma das três principais escolas de negócios de hospitalidade do mundo.

De acordo com o Les Roches a sessão será a oportunidade de descobrir o passado, o presente e o futuro do programa de MBA, incluindo as novas especializações voltadas para a carreira que fazem parte de um pacote de melhorias que serão lançadas a partir deste outono.

A indústria da hospitalidade viu e superou muitas crises. Será que as pessoas ainda querem viajar, ficar em hotéis, desfrutar de boa comida e fazer compras? O webinar organizado pela instituição de ensino Les Roches, que decorre esta tarde, propõe ouvir os veteranos do setor: – os próprios alunos de Les Roches: Anish, Javier e Sharon e descobrir porquê a indústria do turismo e hospitalidade ainda constituem oportunidades.

Estes webinars têm por objectivo minimizar o impacto da pandemia e refletir sobre a atualidade e o futuro próximo.

A instituição de ensino Les Roches promove no dia 14 de maio, às 11:00 AM, o webinar “Uma nova forma de pensar para a Hotelaria do pós-crise” em que o diretor do programa, Scott Dahl, reúne um painel de académicos e profissionais do sector da hotelaria que darão o seu olhar mais além da crise imediata do Covid-19 e discutem a forma como a indústria da hospitalidade se pode reconstruir.

Tendo como inspiração o Master em Estratégia para a Hospitalidade e Transformação Digital, o painel de profissionais irá focar-se em como a tecnologia digital, a inovação e o pensamento disruptivo podem desempenhar papéis importantes na liderança do caminho da recuperação.

Estes webinars têm por objectivo minimizar o impacto da pandemia e refletir sobre a atualidade e o futuro próximo.

Sob o lema “Carreiras após diploma de pós-graduação, a instituição de ensino Les Roches faz mais um webinar esta manhã.

A diretora do programa, Frank Gueuning, e Stephanie Ruiz de Jongh, responsável pelos de serviços de carreira da Les Roches, discutem os caminhos de carreira para os graduados do diploma de pós-graduação em gestão hoteleira internacional. Os dois intervenientes irão também responder a questões e dúvidas que os presentes possam ter sobre o potencial que o programa tem para melhorar a carreira.

Inscreva-se
https://register.gotowebinar.com/register/6134170279554405643

No âmbito do calendário de webinars da Les Roches previsto em cenário de Covid-19, realiza-se hoje a sessão “As Carreiras depois do MBA” com a presença de Dimitrios Diamantis, dean dos Graduate Studies e Stephanie Ruiz, responsável pelos Serviços de carreira na Les Roches. O webinar irá falar sobre os caminhos que um MBA pode abrir e dar exemplos no mundo real de alunos da Les Roches. O webinar irá ainda responder a questões sobre o potencial de carreira que o programa dá.

Estes webinars têm por objectivo minimizar o impacto da pandemia e refletir sobre a atualidade e o futuro próximo. Estes webinars, que se iniciaram em meados de março, destinam-se por um lado a esclarecer dúvida e a prestar esclarecimentos sobre a oferta formativa desta instituição de ensino superior e por outro a debater a conjuntura atual e o impacto da mesma nos setores da hotelaria e turismo, dois dos setores mais afetados.