A Rede de Escolas do Turismo de Portugal recebeu a certificação TedQual da Organização Mundial de Turismo (OMT), a primeira que a organização atribui a nível mundial a uma rede de escolas com estas características.

Esta certificação é válida por dois anos e tem como principal objetivo, além de reconhecer a qualidade da formação proporcionada pelas Escolas do Turismo de Portugal, promover a melhoria contínua da formação e investigação em turismo, definindo um standard de critérios que garantem a qualidade dos projetos educativos das 12 Escolas que constituem a Rede Escolar do Turismo de Portugal.

Reconhecimento nacional e internacional, acesso a um conjunto significativo de estudos e informação especializada, integrar uma rede mundial de instituições de ensino e formação em turismo, acesso a projetos de formação, cooperação e desenvolvimento internacionalmente reconhecidos quer para alunos, quer para docentes e equipas diretivas, são algumas das múltiplas e variadas vantagens desta certificação.

O processo iniciou-se em setembro de 2019 com os necessários procedimentos de autoavaliação, sendo posteriormente avaliado pelos peritos da OMT através de auditorias presenciais que incidiram sobre três cursos lecionados em todas as escolas da rede – Gestão e Produção de Cozinha, Gestão de Restauração e Bebidas e Gestão Hoteleira de Alojamento.

A auditoria realizada pela OMT analisou com especial detalhe cinco áreas: a coerência do plano de estudos, as condições pedagógicas (incluindo metodologias e infraestruturas), a gestão da Rede e das Escolas que a compõem, o corpo docente e a adequabilidade do programa de estudos às necessidades e perspetivas futuras do sector.

Estão abertas, até ao dia 11 de setembro, as candidaturas em 2.ª fase (destinada a preencher vagas em aberto) para alguns dos cursos das Escolas do Turismo de Portugal.

Para o ano letivo de 2020/2021 o processo de recrutamento de alunos é feito exclusivamente online e gratuito para alunos nacionais e estrangeiros – https://escolas.turismodeportugal.pt/

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *