Notícias

Emirates fecha negócio milionário com empresa portuguesa especializada em mobiliário

A PREMIUM HOTEL INTERIORS – empresa especialista na produção de mobiliário contract – acaba de assinar contrato com a companhia aérea Emirates, e ficará responsável pela renovação mundial de todos os seus lounges de First e Business Class.

Um negócio avaliado em 5 milhões de euros que é, para Miguel Lobo, CEO, “prova do rigor e profissionalismo que a empresa construiu ao longo de mais de 30 anos”.

Orgulhosamente produzida em Portugal, a PREMIUM HOTEL INTERIORS conquistou a confiança da Emirates e, durante os próximos anos, faseadamente, vai produzir o mobiliário para os lounges, como cadeiras, sofás, mesas e sideboards, dos aeroportos onde a Emirates possui estes espaços para os seus clientes mais exigentes. A primeira parte deste acordo, inclusive, já foi concluída e entregue à transportadora aérea.

Mais do que um fornecedor, a Premium é o parceiro industrial capaz de executar os objetivos mais ambiciosos nos mercados como hotéis de luxo, restaurantes, barcos de cruzeiros, entre outros. A sua experiência e know-how permitem-lhe uma grande flexibilidade no que diz respeito à capacidade de produção em grande escala.

De Paços de Ferreira para o mundo, a PREMIUM HOTEL INTERIORS já desenvolveu projetos em todos os continentes. É possível encontrar a assinatura da marca portuguesa em países como os Estados Unidos da América, Chipre, Dubai, em toda a Europa, assim como em Portugal, onde a empresa mantém a atenção e reconhece grande potencial.

Sobre a PREMIUM HOTEL INTERIORS

A empresa nasceu numa garagem a 1 de dezembro de 1991 pelas mãos de Ramiro e Rosa Lobo. Foi nessa garagem, dos pais de Rosa, quando a empresa familiar ainda se chamava “Estofos Lobo”, que foram produzidos e vendidos os primeiros sofás.

O negócio foi crescendo e, durante 20 anos, manteve-se como uma empresa produtora de estofos e sofás. Depois disso, já com o nome atual – PREMIUM – e há cerca de 10 anos, direcionou-se para a produção de projetos contract. Em 2018 a empresa deixou mesmo de desenvolver os seus próprios designs e focou-se a 100% na produção dos projetos dos clientes. Isto é, deixou de ter produtos próprios para venda e demarcou-se como parceiro industrial.

De forma bastante consolidada, a PREMIUM HOTEL INTERIORS tem vindo a manter um ritmo de crescimento exponencial nos últimos 10 anos. O grande pico registou-se em 2023 e tudo indica que 2024 seja ainda melhor.

BTL – Bolsa de Turismo de Lisboa, regressa à FIL de 12 a 16 de Março de 2025

A Bolsa de Turismo de Lisboa, o evento mais aguardado na área do turismo em Portugal estará de volta à Feira Internacional de Lisboa de 12 a 16 Março de 2025. O anúncio foi feito durante a Entrega de Prémios da edição de 2024 e lançamento da edição de 2025, que decorreu hoje na FIL, num evento que voltou a reunir centenas de profissionais, stakeholders e opinion makers de um dos sectores com maior crescimento na economia portuguesa: o Turismo.

Na abertura do evento António Ramalho, presidente da Comissão Executiva da Lisboa FCE, entidade organizadora da BTL destacou a trajectória de crescimento da BTL, em particular nos últimos anos. “A BTL tanto traduz como contribui para o bom momento do Turismo nacional e a procura que temos registado por parte de empresas e entidades permite-nos perspectivar, com muito optimismo, a edição de 2025”, afirmou, salientando ainda o facto de a BTL ser o maior evento empresarial que se realiza em Portugal.

O evento de lançamento da BTL 2025 ficou igualmente marcado pelo anúncio e apresentação de Rita Marques, ex-Secretária de Estado do Turismo, como nova Presidente do Conselho Estratégico da BTL, órgão consultivo, que reunirá personalidades de reconhecido mérito e experiência profissional e que terá como missão contribuir para o desenvolvimento de uma estratégia que permita à BTL consolidar e desenvolver a sua posição como um dos principais eventos do sector turístico na Europa, bem como garantir o seu alinhamento com o mercado e com os objectivos das empresas e entidades que nela participam.

Rita Marques manifestou que “a BTL pode e deve crescer como o turismo tem crescido em Portugal: combatendo a sazonalidade, não se esgotando numa mostra pontual no ano; apostando na diversificação de mercados, indo para lá do perímetro nacional e fazendo pontes com os mercados internacionais; e aportando valor para todos, também para aqueles que trabalham no setor; em estrita colaboração com os empresários do setor, os territórios e, evidentemente, o Turismo de Portugal”

Após uma análise realizada sobre a edição de 2024 foram anunciados as novidades da BTL 2025, nomeadamente, o Município Convidado de 25 que será Leiria e a Região de Turismo Convidada que este ano será Alentejo e Ribatejo.

Pedro Machado, Secretário de Estado do Turismo, ausente do país para as comemorações do dia de Camões deixou uma mensagem vídeo onde destaca a relevância da BTL na afirmação e na promoção do turismo nacional: “Um voto de futuro em 2025, numa nova ambição para a nossa Bolsa de Turismo de Lisboa que tenha mais empresas, mais visitantes e mais países. Tem feito um caminho notável na aproximação do ADN da oferta Portugal, com a integração das comunidades intermunicipais, dos municípios e muitos outros parceiros, que normalmente não víamos na BTL.

E queremos que a BTL seja também, já que estamos às portas do campeonato da Europa, uma campeã na liga Europa das feiras internacionais de Turismo. Sei que o trabalho que está a ser desenvolvido vai nesse caminho e essa é seguramente uma aposta que queremos ter. E para isso, o Turismo de Portugal quer estar ao vosso lado nesse desafio e nessa nova ambição para 2025. Parabéns a todos! Vemo-nos em breve.”

E OS VENCEDORES DE 2024 FORAM….

No evento foram, ainda, conhecidos os vencedores dos prémios BTL 2024. Para além dos Stands da BTL 2024 premiados, foram ainda atribuídos os prémios “Personalidade BTL”, uma categoria, que distingue profissionais do sector do turismo cujo percurso profissional tenha contribuído de forma relevante para o desenvolvimento e crescimento desta indústria.

Os vencedores dos Prémios BTL 2024 foram:

Categoria Entidades Vencedoras
Nacional ERT Açores
Criatividade TAP AIR Portugal
Sustentabilidade ERT Açores
Menções Honrosas Entidades Vencedoras
Nacional ERT Alentejo e Ribatejo
Internacional Marrocos
Cabo Verde
TAP AIR Portugal
Inovação Europalco
Prémios Personalidade
Dionisio Pestana
Jorge Rebelo de Almeida
José Ribau Esteves
Rita Marques
Prémio Júri BTL
Jornadas Mundiais da Juventude 2023
Prémio Parceiro Excelência BTL
AVK Audiovisuais

Opção Global

André Franco é o novo diretor de F&B do The Lodge Porto Hotel

O The Lodge Porto Hotel, exclusiva unidade 5 estrelas localizada em Vila Nova de Gaia, apresenta André Franco como o seu novo responsável pelo departamento de Food & Beverage (F&B). Com uma vasta experiência na indústria da hospitalidade e uma carreira notável na gestão de operações de F&B e vinhos, André Franco traz renovada energia e visão para o The Lodge Porto Hotel.

Formado em Gestão Hoteleira, Restauração e Bebidas pela Escola de Hotelaria e Turismo de Coimbra (EHTC), André Franco, de 38 anos, possui uma Pós-Graduação em Gestão Hoteleira pela Católica Porto Business School.

O novo diretor de F&B do The Lodge Porto Hotel Iniciou a sua carreira no setor da hotelaria em 2013, com estágios curriculares e profissionais em estabelecimentos de renome como o Hotel Diana Roof Garden em Roma, Itália, e o Vilalara Thalassa Resort em Porches, Algarve, Portugal. Desde então, desenvolveu uma trajetória ascendente que o levou a ocupar posições de destaque em unidades hoteleiras e gastronómicas de prestígio.

André Franco atuou como Head Sommelier no The Yeatman Hotel, Hotel Infante Sagres e The Vintage House, de 2017 a 2020, onde consolidou a sua reputação na gestão de cartas de vinhos e equipas. Depois, até 2023, desempenhou funções como Assistant Diretor de F&B no The World of Wine (WoW), onde foi responsável pela gestão integral das operações de F&B, incluindo vários restaurantes e bares.

No The Lodge Porto Hotel, André Franco será responsável por supervisionar todos os outlets de F&B – restaurante Dona Maria, The Lodge Bar – trazendo a sua experiência e paixão pela inovação para oferecer experiências gastronómicas excecionais aos hóspedes e visitantes. A sua abordagem proativa e capacidade de otimizar processos serão fundamentais para elevar o nível de serviço e qualidade que caracterizam o The Lodge Porto Hotel.

André Franco afirma: “É com um profundo sentido de responsabilidade e compromisso que aceito este desafio, com o objetivo de estabelecer o The Lodge e o restaurante Dona Maria como referências indiscutíveis no panorama da gastronomia tradicional portuguesa, na seleção de vinhos e na prestação de um serviço de excelência na cidade.”

O The Lodge Porto Hotel é um hotel de luxo contemporâneo que se destaca pela sua ligação estreita às tradições gastronómicas e vinícolas da região do Douro. Com uma localização privilegiada sobre o Rio Douro, o hotel oferece uma experiência única que combina história e modernidade. Os hóspedes podem desfrutar de acomodações elegantes, uma piscina exterior aquecida e uma vista deslumbrante para o Porto.

A nomeação de André Franco pelo The Lodge Porto Hotel reforça o compromisso da unidade em proporcionar uma experiência de luxo inigualável, enraizada na cultura e tradição portuguesas sempre com elevada atenção ao detalhe.

Chegadas internacionais devem aumentar 6% em relação a 2023, chegando a 84% de todos os check-ins no verão

Um novo relatório da SiteMinder, que se apresenta como a única plataforma de software que desbloqueia todo o potencial de receita dos hotéis, revela o crescimento das reservas de alojamento em Portugal com o início do verão. O relatório, Tendências de Reservas de Hotéis da SiteMinder – Edição Verão 2024, indica que as chegadas internacionais devem aumentar 6% em relação ao ano passado, chegando a 84% de todos os check-ins neste verão – a maior percentagem no Hemisfério Norte.

O relatório da SiteMinder estuda as reservas de hotéis feitas para estadias entre junho e agosto em 10 dos maiores mercados turísticos do Hemisfério Norte, incluindo Portugal, Áustria, Canadá, França, Alemanha, Itália, México, Espanha, Reino Unido e Estados Unidos.

Dentro de Portugal, os dados mostram:

  • O país está no topo da lista em assegurar estadias mais longas. A duração média das estadias em Portugal deve aumentar para 3,28 noites, de 3,11 noites em 2023, ultrapassando a média de 3,16 noites esperada em Espanha.

  • A taxa diária média (ADR) aumentou quase 8%, de 243€ no verão passado para 262€ este ano.

  • Os viajantes reservaram as suas estadias com mais antecedência. O tempo médio de antecedência aumentou de 136 dias em 2023 para 139 dias este ano, apenas um dia a menos do que o tempo de antecedência registado em Espanha.

Edgar Foz, diretor nacional da SiteMinder em Portugal, afirma que os resultados apontam para mais um verão empolgante para os alojamentos portugueses.

“Após o verão recorde do país em 2023, os dados da SiteMinder indicam que a indústria hoteleira em Portugal está preparada para outra grande temporada, impulsionada pela forte procura entre os viajantes do Reino Unido, EUA, Alemanha e França, em particular. Os hóspedes estão a reservar estadias ainda mais longas, com maior antecedência.”

Foz acrescenta: “Os alojamentos mais bem posicionados para maximizar o dinamismo dessa temporada e criar uma experiência digital perfeita para os seus hóspedes são aqueles que colocam a tecnologia no centro de cada decisão e processo operacional, desde a apresentação da sua marca num mercado online cada vez mais concorrido, até à forma como os hospedes fazem o check-in à chegada.”

O relatório da SiteMinder “Tendências de Reservas de Hotéis da SiteMinder – Edição Verão 2024” baseia-se nos dados de reservas da plataforma da SiteMinder, que no ano passado processou mais de 120 milhões de reservas avaliadas em mais de 50 mil milhões de dólares em receitas para os seus hotéis. As conclusões completas podem ser consultadas abaixo.

Marina com Noélia: O novo Restaurante de Olhão

Com uma vista privilegiada para a Ria Formosa, o restaurante Marina com Noélia promete ser um encontro de sabores tradicionais portugueses com a inspiração do mar e da ria, e o toque da premiada chef algarvia, Noélia Jerónimo. Localizado no Real Marina Hotel & Spa, em plena Marina de Olhão, o restaurante abre em julho num espaço totalmente renovado e com uma carta inspirada pelo Algarve.

A receita já foi testada e é vencedora: o Marina com Noélia vai ter cozinha simples e com paixão, com os ingredientes locais mais frescos, vindos diretamente do mercado de Olhão. Com esta parceria, o Real Marina Hotel & Spa quer oferecer aos seus clientes uma nova experiência gastronómica, acompanhada de uma paisagem idílica para a Ria, num espaço remodelado que conta com mais de 70 lugares disponíveis na esplanada e 36 lugares no interior.

“Estou muito feliz por poder cozinhar a minha paisagem da Ria Formosa, também aqui no Marina com Noélia. É um projeto onde vou dar o melhor de mim e trazer um receituário de terra e mar cheio de sabor, sabor, sabor – o lema que me acompanha – e também fazer todos os clientes do Real Marina Hotel & Spa pessoas felizes quando provarem esta nova carta, que será mais autoral”, diz Noélia Jerónimo.

A abertura de portas está prevista para julho, com funcionamento todos os dias ao almoço, das 12h30 às 16h30, e ao jantar, das 18h às 23h.

Com o novo restaurante Marina com Noélia, no Real Marina Hotels & Spa, a conceituada chef procura expandir o seu estilo próprio e levar a excelência culinária a um público mais vasto, com o compromisso de proporcionar experiências gastronómicas de alta qualidade e acessíveis.

A chef Noélia Jerónimo, conhecida pela sua paixão pela cozinha portuguesa, leva até ao Marina com Noélia a sua aposta em pratos que realçam os mariscos e os produtos frescos da região, com uma abordagem inovadora às receitas tradicionais.

A sua jornada culinária começou ainda jovem, inspirada nos sabores e ingredientes da sua terra natal. Noélia trabalhou em vários restaurantes de renome em Portugal, onde aperfeiçoou as suas competências e o seu conhecimento da gastronomia portuguesa. O seu talento e dedicação rapidamente ganharam reconhecimento com vários prémios já atribuídos, incluindo a recomendação de restaurante no Guia Michelin Bib Gourmand.

BOSS inaugura nova loja no Aeroporto de Lisboa

A Portugal Duty Free expande e reforça a presença da BOSS no Aeroporto de Lisboa. A marca de moda alemã reabre com uma nova loja e de maior dimensão, 92m2, para proporcionar aos viajantes a melhor experiência de compra.

Este novo espaço é caracterizado por um design sóbrio e inovador, que inclui iluminação led, um statement da marca, para gerar visibilidade. É num ambiente agradável e acolhedor, que os clientes podem encontrar a oferta diversificada de vestuário, calçado e acessórios da BOSS.

Desde fatos personalizados a roupa desportiva, a marca apresenta a coleção BOSS Menswear, a definição perfeita de uma alfaiataria icónica com designs inovadores, que tornam qualquer guarda-roupa versátil para um estilo de vida moderno.

A nova loja conta também com as linhas BOSS Green (Athleisure) e BOSS Black (Tailoring e Smart Casual Wear), nas categorias de vestuário casualwear, bodywear e swimwear. As coleções cápsula PORSCHE x BOSS e BOSS Performance complementam a oferta de luxo da marca presente no Aeroporto de Lisboa.

Segundo Alain Brun, CEO da Portugal Duty Free: “A expansão da nova loja da BOSS vem reforçar o reconhecimento da oferta de luxo da Portugal Duty Free, dando a oportunidade a todos os viajantes que nos visitam diariamente de desfrutar de uma experiência de compra única e especial. A Hugo Boss faz parte dos grandes nomes das marcas de moda internacionais e é com orgulho que abrimos esta nova loja BOSS, com mais espaço, novas ofertas e novas experiências para todos os passageiros que passam pelo Aeroporto de Lisboa e amantes das marcas de luxo”.

Vale da Rosa lança embalagem grab & go a pensar na hotelaria e restauração

Em vez de pedir uma sobremesa num restaurante, por que não pedir uvas Vale da Rosa? É essa a proposta da mais recente inovação apresentada ao mercado pelo reconhecido produtor nacional de uva de mesa de Ferreira do Alentejo, que decidiu aliar a doçura inconfundível das suas uvas ao formato de uma taça de gelado e transformar o seu produto estrela numa verdadeira sobremesa para toda a família.

O resultado é uma embalagem grab & go, com 100 gramas de uvas sem grainha, que estará disponível a partir deste verão em restaurantes e hotéis, assinalando a entrada da marca no canal Horeca.
Com o objetivo de reduzir ao mínimo o índice de plástico, a Vale da Rosa lança esta nova embalagem Paper Cup, que vem ampliar a sua gama de produtos, dando resposta a um número crescente de consumidores que procuram soluções práticas e saudáveis de alimentação fora de casa, para momentos de consumo como a sobremesa e lanches.

O investimento no canal Horeca é um dos objetivos traçados pela empresa de Ferreira do Alentejo para 2024, dando seguimento à sua estratégia de diversificação de produto e, simultaneamente, de reafirmação e consolidação dos valores da marca na procura de novas soluções de packaging produzidas com materiais eco friendly.

Prático e inovador, o formato Paper Cup, testado no último ano, posiciona a marca como opção de sobremesa ou como um snack saudável, através de um design de embalagem pensado para aliar conveniência e atratividade para o cliente da restauração e hotelaria.

“A doçura das uvas Vale da Rosa merece ser saboreada em momentos premium, daí termos tido esta ideia de criar uma embalagem individual para ser comercializada em restaurantes e hotéis. Conseguimos uma embalagem que tem tanto de prática como de elegante, pensada para satisfazer clientes exigentes, que em momentos como estes habitualmente consomem, por exemplo, cerejas”, explica António Silvestre Ferreira, administrador da Vale da Rosa, assegurando que “as uvas produzidas na herdade, por não terem grainha e pelo seu sabor ímpar, têm naturalmente um lugar a ocupar nesse segmento já que são um snack perfeito e saudável”.

Esta proposta reforça o investimento em inovação, sem esquecer o compromisso da marca com a preservação ambiental e sustentabilidade, apostando numa embalagem à base de cartão e com uma tampa de plástico 100% reciclável.

EXTENDAM adquire Sofitel Lisbon Liberdade

A empresa junta dois novos ativos europeus emblemáticos à sua carteira: o Sofitel Roma Villa Borghese e o Sofitel Lisbon Liberdade.

A EXTENDAM, líder francesa em investimentos de capital privado dedicados à hotelaria, continua a sua expansão na Europa com a aquisição de dois hotéis de referência. O Sofitel Lisbon Liberdade, em Lisboa, com 163 quartos, oferece vistas deslumbrantes graças à sua localização na avenida mais prestigiada da cidade. O Sofitel Roma Villa Borghese, com 78 quartos, situado num antigo palácio do século XIX, beneficia de uma uma localização excecional entre a Villa Medici, a Via Veneto e os jardins da Villa Borghese, em Roma.

“Estas duas aquisições marcam o início da nossa parceria com a Sofitel, uma marca pioneira da hotelaria de luxo francesa, que temos o gosto de apoiar, uma vez que a marca celebra 60º aniversário este ano”, diz Bertrand Pullès, diretor geral adjunto da EXTENDAM.

“Há 60 anos que a Sofitel representa a hotelaria de luxo francesa, com o desejo de unir harmoniosamente este “pequeno pedaço de França” às culturas locais em cada um dos nossos 120 hotéis no mundo. A nossa marca reivindica um luxo sincero com serviços e cultura reconhecidos e um impacto social positivo, graças a um ambicioso plano de sustentabilidade. 42% de todos os hotéis Sofitel são atualmente ecocertificados e 100% deles serão qualificados como tal até ao final de 2025. A Sofitel está assim a abrir caminho para um luxo comprometido, onde a beleza, a experiência e a emoção se juntam à responsabilidade e sustentabilidade, fundamentais em cada estadia. Hoje, celebramos a chegada da EXTENDAM como parceira para apoiar a influência da marca Sofitel na Europa. Para além da sua solidez e do seu profissionalismo, a EXTENDAM compreende perfeitamente o ADN da marca e a ambição que temos para a Sofitel”, acrescenta Maud Bailly, CEO da Sofitel, MGallery e Emblems.

Sofitel Lisbon Liberdade: um hotel de luxo de charme na cidade das sete colinas

O Sofitel Lisbon Liberdade beneficia de uma localização central e estratégica na famosa Avenida da Liberdade, uma avenida internacionalmente conhecida pela sua arquitetura neoclássica, lojas de luxo e cafés elegantes.

O hotel de 5 estrelas dispõe de um restaurante gourmet – Matiz Lisboa -, um bar, uma área para banquetes, uma sala de fitness e espaços para reuniões e eventos.

O hotel irá passar por uma renovação ambiciosa, com elevadas credenciais de sustentabilidade, e será atualizado de acordo com os mais recentes padrões da marca Sofitel.

A operação está a ser realizada em paralelo com a DG Invest, uma das parceiras históricas da EXTENDAM. A DG Invest encarregar-se-á da gestão dos ativos do hotel.

A aquisição e a renovação do hotel são financiadas com um Green Loan concedido pelo CaixaBank e pelo BPI.

“No centro de duas das capitais mais atrativas e dinâmicas da Europa, ambos os ativos beneficiam de localizações muito procuradas e prestigiadas. Estamos muito satisfeitos com estes dois hotéis de referência em Roma e Lisboa, que consideramos entre os mais belos ativos da coleção europeia Sofitel”, conclui Jean-Marc Palhon, Chairman da EXTENDAM.

LISBON MARRIOTT HOTEL com novo Diretor Geral

Steve Horvath é o novo Diretor Geral do Lisbon Marriott Hotel. Licenciou-se em Gestão na Universidade do Canadá, SFU – Simon Fraser University (1990-95) com MBA em Gestão Hoteleira e Turismo pela University of Guelph, concluído em 2005.

Com larga experiência profissional no setor hoteleiro, iniciou a sua carreira como Diretor Geral no Residence Inn by Marriott Vancouver desde 2005 a 2007, tendo depois ingressado no Renaissance Vancouver Harbourside Hotel, onde trabalhou como  Assistente do Diretor Geral (2007-09) e posteriormente  “Diretor of Market Strategy “no Vancouver Marriott & Renaissance Vancouver desde 2009 a 2011 .

Entre 2011 e 2013, desempenhou o cargo “Area Diretor Revenue Management” da Europa Oriental e de seguida “Area Diretor Revenue Management” do Reino Unido e Irlanda, entre 2014 e 2019.

Em 2019, assumiu a função de “Area Diretor Revenue Strategy”, do Sul da Europa e em 2022, ano em que viria a assumir o cargo de Cluster General Manager do Delta Hotels by Marriott – Country Clubs & North West.

Neste momento, desde 15 de maio de 2024, que é o Diretor Geral do Lisbon Marriott Hotel.

“Steve Horvath é um profissional experiente, reconhecido pelas suas excepcionais capacidades e conhecimentos técnicos na área de gestão, e forte capacidade de liderança. Com um historial impressionante, visão estratégica, estamos confiantes de que elevará o nosso sucesso a novos patamares” afirmou Elmar Derkitsch, ex – Diretor Geral do Lisbon Marriott Hotel.

Recheio organiza talk no Algarve sobre produção sustentável

Num contexto de crescente preocupação com as questões da sustentabilidade, que afeta diversos sectores como a agricultura, indústria, e o turismo e hotelaria, o Recheio vai promover no Algarve, em conjunto com a Associação da Hotelaria de Portugal (AHP) e com o apoio do Boa Cama Boa Mesa, uma talk com o tema “Produção Sustentável”, onde vai apresentar alguns dos seus projetos e a Best Farmer e a Seaculture, unidades do Grupo Jerónimo Martins que produzem carne e peixe em aquacultura de offshore de forma sustentável. A iniciativa terá lugar na loja Recheio de Faro, no dia 14 de maio, a partir das 11h30.

“O momento em que vivemos exige que todos os intervenientes façam uma reflexão sobre a sustentabilidade. O Recheio tem cinco lojas no Algarve, que cobrem toda a região do Barlavento ao Sotavento e, por termos uma relação muito próxima com os nossos clientes, sabemos bem o impacto das questões relacionados com a sustentabilidade têm para o seu negócio. Foi por isso que decidimos realizar esta talk no Algarve, para partilharmos alguns dos nossos projetos e para procurar que, trabalhando todos em conjunto, alguns destes impactos nos negócios dos nossos clientes sejam mitigados”, explica Vanessa Silva, Diretora da Marketing do Recheio.

A talk irá abordar a Produção Sustentável, com André Duarte, Diretor Comercial dos Frescos da Jerónimo Martins, a Best Farmer, com Luísa Silva, Gestora de Vendas, e a Seaculture, com Pedro Encarnação, Diretor Executivo de Aquicultura. A talk contará ainda com a participação dos chefs algarvios, Leonel Pereira e João Marreiros, recentemente distinguidos com o prémio de sustentabilidade do guia Boa Cama Boa Mesa. Após a conversa, realizar-se-á um showcooking com os produtos Recheio das marcas Best Farmer e Seaculture, que serão confecionados pelos Chefs Recheio, e uma prova de vinhos regionais.

De referir que a sustentabilidade é um dos pilares do Recheio, que tem trabalhado nos últimos anos para estabelecer cadeias de abastecimento promotoras de práticas de produção e consumo mais sustentáveis. Além disso, o Recheio tem vindo a investir na renovação das suas lojas, prevendo a otimização dos consumos de água e energia, e da gestão de resíduos.

Eurostars Hotel Company aposta no Norte de África

Eurostars Hotel Company, cadeia hoteleira do Grupo Hotusa, aposta no Norte de África com três novos hotéis em Marrocos, consolidando os seus planos de expansão internacional. O primeiro deles, o Eurostars Casa Anfa 4*, situado no novo centro nevrálgico de Casablanca, abrirá as suas portas já este outono. A empresa prevê a abertura do Eurostars Californie 4* na mesma cidade até ao final de 2024 e do Exe Zerktouni 4* até meados de 2025, elevando para 251 o número total de quartos oferecidos na região.

Os três estabelecimentos, todos de construção recente, estão situados em zonas estratégicas da cidade. O Eurostars Casa Anfa, com 125 quartos, está situado na zona de Beasejour, um bairro novo onde coexistem edifícios residenciais de gama alta, escritórios e amplas zonas verdes, próximo da zona de negócios e muito próximo do nobre bairro de Anfa, na costa. A apenas 10 minutos a pé do passeio marítimo encontra-se o novo Exe Zerktouni 4*, com 68 quartos e com uma localização próxima da Mesquita Hassan II. Por fim, o Eurostars Californie 4* situa-se no coração do seu bairro homónimo, uma zona de moradias e riads exclusivos, perto do centro histórico e com uma vida urbana animada.

Marrocos passa assim a ser o vigésimo país em que a Eurostars Hotel Company está presente, ampliando assim a sua carteira internacional de estabelecimentos em zonas turísticas privilegiadas com produtos de alta qualidade.

Para Amáncio López, presidente do Grupo Hotusa, “as próximas aberturas em Casablanca são o primeiro passo do nosso plano de crescimento no Norte de África, uma das principais áreas de interesse internacional da empresa, juntamente com a Europa Ocidental, os EUA e a América Latina”, acrescentando que “os três hotéis respondem à nossa política de expansão, que aposta no crescimento em zonas urbanas com estabelecimentos de qualidade”.

Marrocos, um destino em expansão

Marrocos emergiu nos últimos anos como um dos destinos turísticos com maior crescimento e desenvolvimento. Com 13 milhões de turistas em 2023, o país espera um alcance recorde de visitantes estrangeiros em 2024.

Marrocos tem um potencial significativo para a indústria hoteleira no Norte de África devido à sua atratividade e estabilidade política e social. Para além dos principais destinos de férias, como Marraquexe e Agadir, há dezenas de cidades com um encanto cativante, que será ainda mais valorizado com a coorganização do Campeonato do Mundo de Futebol de 2030, juntamente com Espanha e Portugal, e o consequente aumento das infraestruturas.

Este é o vigésimo país em que a Eurostars Hotel Company está presente e o primeiro em África, continente no qual a empresa tem apostado na sua expansão.

Costa Verde recebe Menção Honrosa do Prémio Nacional de Sustentabilidade pelo seu projeto Endless

Decorreu no passado dia 7 de maio na Nova SBE a entrega dos prémios da quarta edição do Prémio Nacional de Sustentabilidade, enquadrada na realização da Grande Conferência Sustentabilidade 20|30.

O caminho da descarbonização, a recuperação da natureza, os novos investimentos e negócios ESG, a Inteligência Artificial, a Economia Circular e os compromissos de Abril de 1974 na perspetiva dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas, foram os grandes assuntos debatidos nesta edição.

Com 10 categorias a concurso, Descarbonização, Economia Circular, Mobilidade Sustentável, Preservação do Capital Natural, Bem-estar e Cidades Sustentáveis, Igualdade, Diversidade e Equidade, Saúde e bem-estar nas Organizações, Comunicação de Sustentabilidade e Finanças Sustentáveis e Transformação Digital em Sustentabilidade, a Costa Verde recebeu a menção honrosa relativa a grandes organizações e na categoria Economia Circular, com o seu projeto Endless, uma coleção de eco design única que transforma lamas industriais em peças de porcelana sustentáveis.

A iniciativa, resultado de anos de pesquisa e desenvolvimento, tem como principal objetivo a recuperação de lamas industriais e a sua reintrodução no processo produtivo. As matérias-primas utilizadas para a produção de porcelana são recursos extraídos da natureza, como caulinos, areias, feldspatos e água, sendo posteriormente todo o efluente resultante dos processos canalizados para uma Estação de Tratamento de Águas Residuais Industriais própria, resultando resíduos e água, que voltam a ser introduzidos na cadeia de valor, visando reduzir o consumo de recursos naturais e minimizar os impactos ambientais da sua operação.

Endless é concebido com o recurso à mono cozedura, resultando em peças diferenciadas e singulares, o que incrementa a perceção de valor do produto, particularmente junto dos compradores ambientalmente conscientes. A cozedura única gera uma poupança em 35% de energia e de emissão de dióxido de carbono, contribuindo para a descarbonização da indústria.

Foram mais de 100 os projetos selecionados a concurso, submetidos e analisados pela consultora Deloitte, Knowledge Partner do prémio. Todas estas iniciativas foram analisadas pelo júri de cada categoria, que no caso da Economia Circular foi composto por António Miguel Ferreira, CEO da Claranet Portugal, António Nogueira Leite, Professor Catedrático da Faculdade de Economia da Universidade Nova de Lisboa, Emídio Pinheiro, Presidente do Conselho de Administração e CEO da EGF e Helena Pereira, Professora Catedrática Emérita da Universidade de Lisboa, e presidido por Paulo Lemos, ex Diretor Geral da ENV e ex Secretário de Estado do Ambiente.

O Prémio Nacional de Sustentabilidade é uma iniciativa lançada em 2020 pelo Jornal de Negócios e pensada para um horizonte temporal de 10 anos, tendo como objetivo reconhecer, divulgar e premiar as melhores políticas e práticas, na defesa dos três pilares da sustentabilidade, de forma a estimular e sensibilizar a sociedade para a crescente importância e impacto da aplicação dos princípios de Sustentabilidade no dia-a-dia dos diferentes tipos de Entidades Públicas, Privadas, Coletivas e Individuais e da sua relação com diversas áreas da sociedade e do conhecimento.

A Costa Verde vê nesta distinção o reconhecimento de todo o trabalho realizado ao longo da sua existência, fortemente alavancado por políticas de sustentabilidade, numa unidade de produção das mais avançadas em todo o mundo e com um altíssimo nível de certificação.