Vai nascer na zona do Cabo Espichel, em pleno Parque Natural da Serra da Arrábida, o Etosoto, um novo eco-hotel totalmente equipado com Kebony, uma madeira sustentável e de alta qualidade que não requer manutenção, além da limpeza básica. O novo projeto, com traço e conceptualização do arquiteto francês Julien Labrousse, que é também o seu proprietário, está implantado num terreno ondulado com 2,5 km de comprimento e 800 metros de largura, atravessado pela avenida 25 de Abril e acesso direto ao farol do Cabo Espichel. O projeto Etosoto nasce a partir de duas casas feitas com Kebony Character e que agora vai agora crescer, passando a integrar um total de 58 unidades de alojamento feitas em madeira Kebony, além de restaurante, piscina e spa. Este núcleo ficará situado na parte norte do terreno, enquanto na parte sul será desenvolvida uma área dedicada a agricultura biológica, igualmente com algumas instalações de apoio feitas em madeira Kebony.

A proximidade às praias, a integração plena com a natureza da Serra da Arrábida e o respeito pelo meio ambiente são fatores distintivos deste eco-hotel. Desenvolvido a partir de um conceito que pretende enaltecer locais ecológicos e sustentáveis para as novas gerações livres e criativas, Etosoto aposta no turismo responsável.

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *