A Emirates anunciou o seu plano de operar serviços de voo programados de 21 de maio para nove destinos: Londres Heathrow Frankfurt, Paris, Milão, Madrid, Chicago, Toronto, Sydney e Melbourne. A companhia aérea disponibiliza também ligações no Dubai para passageiros que viajam entre o Reino Unido e a Austrália.

Esses voos estão disponíveis para reservas em emirates.com.

Os passageiros só serão aceites nestes voos se cumprirem os requisitos de elegibilidade e critérios de entrada dos seus países de destino. Isto inclui uma aprovação da Autoridade Federal de Identidade e Cidadania (ICA) para os residentes dos Emirados Árabes Unidos que desejem voltar ao Dubai.

Adel Al Redha, Diretor de Operações da Emirates refere: “Temos o prazer de retomar os serviços de passageiros programados para estes destinos, oferecendo mais opções para os passageiros viajarem dos Emirados Árabes Unidos para estas cidades e também entre o Reino Unido e a Austrália. Estamos a trabalhar numa estreita colaboração com as autoridades para planear a retoma das operações para destinos adicionais. Implementamos medidas adicionais no aeroporto em coordenação com as autoridades relevantes em relação ao distanciamento e higiene social. A segurança e o bem-estar dos nossos funcionários, passageiros e comunidades continuam a ser a nossa principal prioridade. ”

Voos de repatriamento

Além dos serviços programados, a Emirates continua também a trabalhar em estreita colaboração com embaixadas e consulados para facilitar os voos de repatriamento para visitantes e residentes que desejam voltar para casa. Esta semana, a companhia aérea planeia operar voos do Dubai para Tóquio Narita (15 de maio), Conakry (16 de maio) e Dakar (16 de maio).

Saúde e segurança na Emirates

A segurança e o bem-estar dos passageiros e colaboradores são a principal prioridade da Emirates. Em preparação para a retoma dos serviços de voo, a companhia aérea já aprimorou várias medidas de segurança ao longo da viagem.

No aeroporto Internacional do Dubai, passageiros e funcionários terão as suas temperaturas verificadas através de scanners térmicos. Barreiras de proteção foram instaladas nos balcões de check-in para fornecer uma segurança adicional durante a interação. Luvas e máscaras são obrigatórias para todos os passageiros e funcionários no aeroporto. Além disso, a tripulação de cabine, os agentes de embarque e a equipa de terra da Emirates que interagem diretamente com os passageiros utilizarão equipamento de proteção individual (EPI), incluindo um vestido de proteção descartável e uma viseira de segurança.

Protocolos de distanciamento social são também implementados. Neste aeroporto, isso inclui indicadores físicos colocados no chão e nas áreas de espera no aeroporto para garantir que os passageiros mantêm uma distância segura.

Por motivos de saúde e segurança e para minimizar a interação a bordo, a Emirates oferece um serviço de bordo modificado que se concentra na redução do risco de contacto. Revistas e material de leitura impresso não estão disponíveis durante este período. A bagagem de cabine deve ser registada e os passageiros só podem levar a bordo itens essenciais, como portáteis, bolsas, malas ou artigos de bebé.

A Emirates iniciou um rigoroso programa de segurança para garantir que as cabines dos aviões permaneçam limpas e higienizadas. As cabines dos aviões modernas da companhia aérea foram equipadas com filtros de ar HEPA avançados, que removem 99,97% dos vírus e eliminam pó, alérgenos e germes do ar da cabine para proporcionar um ambiente a bordo mais saudável e seguro. Após a sua viagem e na aterragem no Dubai, cada avião passará por processos aprimorados de limpeza e desinfeção para garantir segurança e higiene adequada.

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *