A Vicaima foi a marca de portas eleita para integrar o BessaHotel Baixa, um novo empreendimento hoteleiro, situado em pleno coração do Porto, pautado na sua génese, pela modernidade e pelos detalhes decorativos vintage, nos quais as soluções corta-fogo e acústicas da marca foram aplicadas para responder às exigências do edifício.

O BessaHotel Baixa, com assinatura da designer Nini Andrade Silva, reflete no seu interior, a atualidade e o design de um edifício ímpar, no qual as propostas Vicaima, que incluem portas e painéis com acabamento exclusivo, aliam funcionalidade ao design de vanguarda e contribuem para assinalar a essência sofisticada e emblemática do espaço.

Para dar um look contemporâneo ao BessaHotel Baixa, foi eleita a solução Portaro Inverse para a entrada dos quartos, configuração que permite facear a porta com o aro, criando planos contínuos que se estendem pelos corredores do hotel.

De modo a garantir os elevados níveis de conforto e segurança pretendidos para o projeto, foram selecionadas diversas performances técnicas, entre as quais se evidenciaram o Portaro Inverse corta-fogo 30 minutos, com isolamento acústico até 45 decibéis, assim como as soluções de porta e aro com resistência ao fogo até 30 minutos, que integraram as zonas comuns do hotel.

Todos os produtos Vicaima desenvolvidos para responder à temática do projeto – portas, aros, painéis de revestimento, apainelados de janela e rodapés – apresentam um acabamento exclusivo, obtido através de um processo industrial customizado, que recria o aspeto e o design do cobre e que reforça a estética autêntica, cosmopolita e convidativa do empreendimento.

De destacar que as soluções Portaro Inverse têm registado uma significativa procura pelos profissionais do setor hoteleiro, que valorizam o seu potencial estético e a configuração versátil que lhe é caraterística – porta faceada pelo aro ou com painéis de revestimento – bem como a abrangência técnica, uma vez que disponibiliza uma oferta transversal de soluções corta-fogo, corta-fogo e acústica, e não fogo.

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *