No seguimento da Declaração de Estado de Emergência do Governo Português, em 18 de Março, a maioria dos hotéis Marriott International em Portugal ajustou as suas operações inicialmente para seguir as medidas estipuladas.

Em comunicado, a Marriott explica que esse ajustamento significou restrições nos serviços, incluindo o fecho de todos os restaurantes e bares de hotel, além de piscinas, spas e salas de ginástica e que, desde então, a maioria dos hotéis Marriott International em Portugal teve de fechar temporariamente em resposta à procura mais fraca devido à situação do COVID-19.

Em consequência, tem ocorrido despedimentos temporários (lay-off), que resultaram numa redução de horas ou num período temporário de férias para muitos funcionários do hotel. As medidas adoptadas variam de hotel para hotel estando também em estudo o tipo de apoio financeiro do Governo pode estar disponível para os funcionários.

O comunicado reitera que o bem-estar dos funcionários continua a ser “uma prioridade nestes tempos difíceis” e que estão a apoiar ativamente “os funcionários tocados por esta transição”, com equipas dedicadas de profissionais de RH à disposição para oferecer consultoria e suporte.

O comunicado termina que irá continuar a acompanhar a situação de perto, esperando reabrir os hotéis no futuro.

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *