Marques Mendes confirmado na Convenção HotelShop

Luís Marques Mendes já confirmou a sua presença na 7ª edição da convenção bianual organizada pela central de compras HotelShop+SocialShop, um evento que pretende ser um fórum aberto de formação em gestão de custos para a hotelaria e uma plataforma de networking entre responsáveis pelas compras e abastecimento de hotéis e IPSS.

Esta edição do evento, que terá lugar a 30 de Novembro em Lisboa, inclui, entre uma dúzia de oradores convidados, a perspetiva sobre a situação e perspetivas do turismo, do político e comentador Luís Marques Mendes.

No programa, incluem-se especialistas em matérias que condicionam e determinam a otimização das compras: a logística e aprovisionamento, a gestão de custos em F&B, a engenharia de menus e a gestão da cozinha.

Na feira de fornecedores que irá decorrer em paralelo, e durante o almoço, os participantes poderão contactar com diversas ofertas de produtos e serviços, e participar em degustações e fast meetings.

O evento termina com a entrega dos Prémios HotelShop+SocialShop, pelo apresentador Jorge Gabriel, referentes à performance dos melhores compradores e fornecedores da hotelaria em 2022.

Mantendo uma tradição de 12 anos, será ainda sorteado o prémio de viagem Gergran/Delifrance, no valor de 1.000 Euros e diversas estadias em hotéis associados à HotelShop.

O programa completo e as inscrições gratuitas estão disponíveis através do site www.hotelshop.pt

BTL 2023 lança área LGBTI+

Portugal ocupa o ranking #2 no Gay Travel Index 2021 da Spartacus e #9 na ILGA Europe’s Rainbow Map 2022. Segundo a Organização Mundial do Turismo, o turismo LGBTI+ representa 10% do volume de turismo mundial e é responsável por 15% da facturação no sector.

O BTL LGBTI+ surge assim como uma nova aposta da BTL em 2023 com o objectivo de potenciar os negócios nesta área em crescimento.

Este novo espaço constitui uma oportunidade para os visitantes conhecerem a oferta turística LGBTI+ e para as empresas participantes posicionarem as suas propostas dirigidas a este segmento.

O BTL LGBTI+ será realizado em parceria com a Proudly Portugal e a Variações – Câmara de Comércio e Turismo LGBTI+ de Portugal, estando previstas diversas acções que visam dinamizar a concretização de negócios neste mercado.

A 33ª edição da BTL– Bolsa de Turismo de Lisboa irá decorrer de 1 a 5 de Março de 2023, na FIL – Parque das Nações.

Diana Michelli é a nova Diretora de Vendas & Marketing do Lisbon Marriott Hotel

Com uma sólida carreira profissional e mais de 12 anos de experiência em gestão hoteleira.

Diana Michelli, de nacionalidade belga, possui uma ampla visão do mercado hoteleiro.

Bacharelato em Gestão Hoteleira no Instituto Arthur Haulot, Bruxelas, Bélgica (2007-2009) e pós graduação em Social Media Marketing, iniciou a sua carreira como Cluster M & E Coordinator no Radisson Blu Resort St.Julian’s & SPA, Golden Sands, Melia (2010-2013).

Posteriormente, desempenhou funções como Cluster key Event Manager do Holiday Inn Central Cluster Hotels, London (2013-2016), Cluster Assistant Director of Sales no Holiday Inn Bloomsbury & Regent’s Park, London (2016-2018) e Diretora de Vendas & Marketing & UK South Junior Business Council Chair do London Marriott Hotel Regents Park (2018 até fevereiro 2022).

Turismo do Centro aposta na criatividade e sustentabilidade para o Dia Mundial do Turismo

O Turismo Centro de Portugal (TCP) vai assinalar o Dia Mundial do Turismo, que se comemora a 27 de setembro, com uma série de iniciativas na região. O foco estará na criatividade, de braço dado com a sustentabilidade.

A Organização Mundial do Turismo escolheu “Repensar o Turismo” como tema deste ano do Dia Mundial do Turismo. Com este mote, pretende “colocar as pessoas e o planeta em primeiro lugar e reunir todos, desde governos e empresas até comunidades locais, em torno de uma visão partilhada para um setor mais sustentável, inclusivo e resiliente”.

Partindo desta premissa, o Turismo Centro de Portugal vai mostrar nos próximos dias que a criatividade está intimamente ligada com a sustentabilidade dos territórios. Como refere Pedro Machado, presidente do TCP, “repensar o Turismo é pôr a criatividade ao serviço das populações. É fundamental que todos os agentes da atividade turística, em conjunto, assumam que o Turismo de nada serve se não contribuir para a melhoria da qualidade de vida das populações e tornem assim esta atividade ainda mais aliciante e geradora de desenvolvimento”.

As principais iniciativas a realizar nos próximos dias têm como alvo a promoção dos cinco destinos da região Centro de Portugal que integram a Rede das Cidades Criativas da UNESCO – uma rede exclusiva, que distingue as melhores práticas criativas e que reconhece a importância da criatividade para tornar as nossas vidas mais completas.

Assim, o TCP irá promover uma visita de jornalistas e bloggers às cinco Cidades Criativas do Centro de Portugal: Caldas da Rainha (Cidade Criativa do Artesanato e Artes Populares), Óbidos (Cidade Criativa da Literatura), Covilhã (Cidade Criativa do Design) e Idanha-a-Nova e Leiria (ambas Cidades Criativas da Música). A visita inclui a cidade de Aveiro, por ser a única cidade do Centro de Portugal finalista nas candidaturas a Capital Europeia da Cultura em 2027. São destinos que, cada um à sua maneira, apresentam argumentos que justificam visitas prolongadas, por roteiros criativos que convidam ao usufruto de experiências diversificadas e que não deixam ninguém indiferente.

Paralelamente, vai ser lançado, na semana em que se comemora o Dia Mundial do Turismo, o Guia “Cidades Criativas do Centro de Portugal”. Este guia, a ser distribuído por um jornal nacional, tem como eixo central a promoção dos cinco destinos criativos.

O Dia do Turismo irá também ser promovido, de várias formas, nas plataformas online do TCP, nomeadamente o seu site e as suas páginas nas redes sociais.

Outra iniciativa em curso, e que se insere no desafio de “repensar o Turismo”, é a co-criação do “Manifesto para o Turismo Sustentável do Centro de Portugal”. Prestes a ser apresentado, este manifesto assume-se como uma declaração formal que transmite as intenções, a visão e as ações que o TCP quer ver aplicadas no território. O manifesto resulta do Projeto do Centro Sustentável, que pretende afirmar o Centro de Portugal como um território sustentável, valorizando a sua autenticidade e a sua diversidade.

A segunda etapa do projeto está também já em curso. Trata-se da elaboração do Diagnóstico de Sustentabilidade, que dá voz aos que habitam e trabalham no Centro de Portugal. Este diagnóstico irá posteriormente dar origem ao Plano de Ação para a Sustentabilidade do Centro de Portugal 2030, uma terceira etapa mais estratégica e na qual já colaboram as Comunidades Intermunicipais e os Municípios da região.

Por fim, é de destacar que o TCP irá participar na VI Cimeira do Turismo Português, que se realiza no dia 27, em Lisboa. Organizado pela Confederação do Turismo de Portugal, a Cimeira do Turismo tem como tema “O Turismo e o Novo Mundo”. Neste encontro, as principais figuras do Estado português e um vasto conjunto de oradores nacionais e internacionais, privados e públicos, vão debater de que forma o Turismo se deve adaptar à nova realidade que hoje vivemos.

Fórum Segurança marca próxima semana

O Fórum Segurança volta ao Altice Forum Braga nos próximos dias 27, 28 e 29 de setembro. O evento assume-se como 100% experimentalista e oferecerá um conjunto de oportunidades únicas para o público. A entrada é gratuita. 

Organizado pela Sinalux, IBD e InvestBraga, o Fórum trará até ao pavilhão dezenas de expositores das mais diversas áreas ligadas à segurança, bem como especialistas de renome para debater temas como a cibersegurança, a segurança e saúde no trabalho e a segurança contra incêndios.

A edição deste ano do Fórum Segurança contará também com uma área de demonstrações, onde será possível ver a condução segura de empilhador e a operacionalidade do sistema anticolisão homem-máquina, a utilização de plataformas elevatórias, bem como fazer rastreios de saúde, manutenção de meios de combate a incêndio e diversos simuladores, entre muitas outras experiências em que o protagonista será o próprio visitante.

Também no recinto do espaço de exposição, os visitantes poderão encontrar uma área dedicada ao conhecimento e aos livros da área da segurança e prevenção de incêndio, havendo espaço para sessões de autógrafos com os diversos autores das obras.

Sublinhe-se que o acesso ao evento é gratuito, carecendo, no entanto, de inscrição em www.forumseguranca.pt.

Turismo Centro de Portugal participa em duas feiras internacionais em Espanha

A Turismo Centro de Portugal vai participar este mês em duas feiras internacionais em Espanha. De 23 a 25 de setembro, estará presente na Naturcyl – Feira Internacional de Ecoturismo, seguindo-se a Termatalia – Feira Internacional de Turismo Termal, de Saúde e Bem-Estar, de 28 a 29 de setembro.

A Naturcyl decorre em Ruesga, Palência. Esta é a 5.ª edição da feira, que está a impor-se como um dos fóruns mais importantes para a promoção do ecoturismo. Ao mesmo tempo, constitui um ponto de encontro imprescindível para a troca de ideias e de oportunidades de negócio entre profissionais e amantes do ecoturismo e do meio rural.

A Turismo Centro de Portugal está representada na Naturcyl com um stand próprio de 9m2, em que irá divulgar e promover o seu vastíssimo Património Natural. De salientar que o território do Centro de Portugal engloba, entre muitos outros ativos turísticos ligados à natureza, os Geoparques Estrela e Naturtejo da UNESCO; os Parques Naturais do Tejo Internacional, da Serra da Estrela e do Douro Internacional; as reservas da Malcata e da Faia Brava e, ainda, duas Cartas Europeias de Turismo Sustentável: Montanhas Mágicas e Terras do Lince.

Com esta participação, a Centro de Portugal pretende também consolidar a identidade territorial das Terras do Lince enquanto destino de Turismo de Natureza. As Terras do Lince englobam os municípios de Almeida, Sabugal e Penamacor.

A grande variedade de atividades programadas para os três dias de feira atrai inúmeros visitantes. Entre conferências, oficinas, visitas guiadas, experiências de gastronomia ou cinema documental, o programa é muito vasto e completo.

“A Naturcyl tem uma importância estratégica cada vez mais relevante para a Turismo Centro de Portugal, uma vez que junta os principais agentes internacionais nas áreas do ecoturismo e do turismo da natureza, produtos em que a região Centro de Portugal se assume como um destino de referência. Acresce que a feira tem uma repercussão muito positiva nos meios de comunicação de Espanha, que é o principal mercado emissor de visitantes estrangeiros para o Centro de Portugal. Por tudo isto, a Turismo Centro de Portugal não poderia faltar”, considera Pedro Machado, presidente da Turismo Centro de Portugal.

A Termatalia tem lugar em Ourense. Já na 20.ª edição, é a única feira especializada em termalismo a nível mundial, estabelecendo a ligação deste produto entre a Europa e a América Latina. A feira fomenta o intercâmbio de experiências, do ponto de vista empresarial, institucional e social, impulsionando o mercado estratégico do turismo termal entre os dois continentes.

A Turismo Centro de Portugal está representada na Termatalia com uma área de 12m2, destinada à valorização da água termal, um recurso endógeno relevante na região.

“A elevada qualidade e diversidade das estâncias termais do Centro de Portugal coloca o turismo de saúde e bem-estar como um produto estratégico para a região. Esta região é um destino de saúde e bem-estar único, equiparado ao que de melhor existe na Europa. Devido à proximidade com Espanha, o Centro de Portugal assume este mercado como preferencial”, explica Pedro Machado.

Durante os dois dias de Termatalia, decorrerão diversas ações de capacitação profissional dos setores de termalismo, turismo de saúde e wellness.

Paula Morgado Lino é a nova diretora de operações do Lisbon Marriott Hotel

Paula Morgado Lino é a nova responsável pela operação do Lisbon Marriott Hotel, que pertence ao grupo Sotéis, localizado na Av. dos Combatentes, em Lisboa.

Licenciada em Gestão Hoteleira e Turismo pela Universidade de Gestão Hoteleira do Estoril (2010-2013) e Pós-Graduação em Gestão Hoteleira e Turismo pela Universidade Cornell.

Com uma sólida carreira profissional e mais de 12 anos de experiência em gestão hoteleira, Paula possui uma ampla visão do mercado hoteleiro, tendo desenvolvido soluções criativas e eficazes de gestão no negócio através da implementação e desenvolvimento de processos inovadores por várias unidades hoteleiras de renome em diferentes países.

Antes de integrar a equipa do Lisbon Marriott, foi diretora de F&B no PGA Catalunya Golf & Welness Resort (entre 2017 e 2019), esteve no Sandals Royal Bahamian, na capital das ilhas das Bahamas, onde desempenhou funções de F & B Manager( 2016).

Anos antes, passou pelo novo Sandals Resorts International Barbados e no Crowne Plaza Shanghai na China.

“Este é um momento muito importante na minha carreira e um grande desafio regressar a Portugal, passados tantos anos. È com imenso entusiasmo que volto a fazer parte de um grande grupo hoteleiro – Marriott International – cuja identidade e valores de empresa me identifico e sinto que posso ajudar ainda mais a superar os elevados padrões de qualidade e serviço de excelência que caracterizam o Lisbon Marriott Hotel, com foco constante na satisfação e fidelização dos clientes.” – afirma a nova diretora de operações do Lisbon Marriott Hotel.

Primeira conversa “Be Our Guest”, com Mário Candeias

Primeira conversa “Be Our Guest”, com Mário Candeias, debateu o papel dos diretores de hotéis para a criação de valor para os acionistas 

Conversa inaugural teve lugar no dia 30 de maio, via Zoom, e contou com o General Manager do Espinas Hotel Group, no Irão. ADHP disponibiliza-a, agora, no YouTube 

Decorreu, no dia 30 de maio, com início às 19h, a primeira conversa do novo projeto da ADHP, “Be Our Guest” – um ciclo de conversas informais com diretores de hotéis de referência sobre as suas experiências profissionais, a hotelaria e o setor do turismo.

Para a conversa inaugural, Patrícia Correia, dirigente da ADHP e responsável pelo projeto “Be Our Guest, recebeu Mário Candeias, General Manager do Espinas Hotel Group, no Irão. Em discussão esteve o tema “Gestores de hotéis como empreendedores e principais geradores de valor para os acionistas”.

A ADHP disponibilizou o “Be Our Guest” com Mário Candeias no seu canal de Youtube em: https://youtu.be/qCcdIA8agIU 

Em diálogo constante com as pessoas que assistiam à conversa, Mário Candeias abordou temáticas como os recursos humanos, a obtenção de conhecimentos diferenciadores, a formação dos profissionais da direção hoteleira e a gestão de carreiras. O profissional partilhou, também, a sua experiência profissional na hospitalidade iraniana.

O diretor de hotéis, com cerca de 30 anos de experiência no setor do turismo, sublinhou a importância da “componente comportamental” na formação dos profissionais. Para Mário Candeias, é imperativo “criar uma cultura em que os membros de uma equipa leem e se expressam a partir das melhores fontes de informação”, que incluem, além dos jornais sobre hotelaria e turismo, informação económica e de negócios em geral.

A integração na cultura do hotel ou da cadeia, bem como o conhecimento detalhado de unidades flagship, de tendências, de tecnologia de viagens e de marcas, são, para o gestor, fatores catalisadores de sucesso no capítulo comportamental.

O profissional abordou, também, a formação hoteleira em Portugal, considerando que as escolas e os conteúdos pedagógicos carecem de “atualização”. Mário Candeias destacou a necessidade de as escolas hoteleiras portuguesas perceberem “o verdadeiro formato da indústria e quem são os benchmarks”, para que possam incorporar conhecimentos diferenciados nos percursos curriculares. Para o General Manager do Espinas Hotel Group, conhecimentos a nível de corporate finance, imobiliário, fusões e aquisições, e direito tornaram-se cada vez mais importantes para a valorização dos profissionais da direção hoteleira.

No entanto, o General Manager do Espinas Hotel Group assinalou a importância de a atualização de conhecimentos partir, também, do próprio profissional. Abordando esta questão, Mário Candeias destacou o estudo de conceitos da área corporativa, financeira e económica, e a absorção do jargão de corporate management como ativos fundamentais para o desenvolvimento pessoal dos diretores de hotéis e para a sua valorização como gestores de ativos.

Os diretores de hotéis têm de ser vistos também como gestores de ativos. A grande parte dos diretores de hotéis são meramente diretores de operações e devem dar o salto do nível das operações para a gestão a nível corporativo”, explicou Mário Candeias.

As conversas “Be Our Guest” da ADHP têm lugar nas últimas segundas-feiras de cada mês, às 19h.

Novo passe turístico permite conhecer o Algarve sem limites

Já está disponível o passe turístico para viajar dentro do Algarve de forma mais fácil: o passe turístico de transporte que permite aceder a todas as linhas de autocarros “Vamus Algarve” já está à venda nos 20 postos de turismo da Região de Turismo do Algarve (RTA).

Sem um número limite de viagens, o passe turístico é válido por um período de três dias ou sete dias a partir da primeira validação nas linhas regulares “Vamus Algarve”, incluindo o serviço Aerobus, que liga o aeroporto de Faro ao centro da cidade e a Albufeira, Lagoa, Portimão e Lagos, e a nova linha EVA Cliffs Line, que transporta o viajante por alguns dos principais pontos turísticos do destino em modo hop on hop off.

O passe turístico de três dia tem um custo de 35 euros e o de sete dias pode ser adquirido por 45 euros na rede de postos de informação turística espalhados por toda a região, visitados anualmente por mais de meio milhão de turistas, excursionistas e residentes no Algarve.

“Ligamos o Algarve de uma ponta à outra” é a assinatura do serviço “Vamos Algarve”, pensado para residentes e turistas que procuram o autocarro como meio de transporte. A operar desde dezembro de 2021, o serviço trouxe à região uma oferta mais vasta, com novas linhas, horários e frota modernizada.

easyJet quer reduzir emissões de carbono com base na ciência “35% por 35”

Depois da easyJet ter aderido à campanha Race to Zero apoiada pela ONU em novembro do ano passado e de se ter comprometido a atingir emissões líquidas zero de carbono até 2050, a companhia aérea anuncia hoje a sua meta provisória de redução de carbono, uma melhoria de 35% da intensidade de emissões de carbono até ao ano 2035, numa base FY2020. Desde 2000, durante um período de 20 anos, a easyJet já reduziu num terço as suas emissões de carbono por passageiro, por quilómetro.

O alvo alinha-se com a via de descarbonização sectorial dos Alvos Baseados na Ciência (SBT) e foi submetido à iniciativa “Science-Based Targets” (SBTi) para validação. O SBTi é uma parceria entre o CDP, o United Nations Global Compact, o World Resources Institute (WRI) e o World Wide Fund for Nature (WWF), que orienta as empresas nas suas viagens de descarbonização, em conformidade com o Acordo de Paris. A easyJet trabalhou como parte do Technical Working Group (TWG) de especialistas dedicados da indústria e ONGs que forneceram contributos detalhados durante a fase de planeamento e em vários esboços da orientação e da ferramenta.

O SBTi exige que as companhias aéreas descarbonizem dentro do seu próprio funcionamento, não utilizando assim compensações de carbono fora do setor ou outros mecanismos baseados no mercado como o ETS (Emissions Trading Scheme).

A companhia aérea planeia alcançar este ambicioso objectivo através de uma combinação de renovação da frota, melhorias e eficiências operacionais, modernização do espaço aéreo e utilização de Combustível Sustentável para a Aviação.

A companhia aérea também está atualmente a finalizar o seu roteiro para as emissões líquidas zero de carbono até 2050. A partir de 2035, espera-se que a tecnologia de emissão zero de carbono desempenhe um papel fundamental e a easyJet está a trabalhar com parceiros de toda a indústria, incluindo a Airbus, Rolls-Royce, GKN Aerospace, Cranfield Aerospace Solutions e Wright Electric, em vários projetos dedicados a acelerar o desenvolvimento da tecnologia de aviões com emissão zero de carbono. Este é um esforço intersectorial e, como uma importante companhia aérea europeia, a easyJet não só fornece a perspetiva da companhia aérea e do cliente aos seus parceiros, mas também demonstra aos fabricantes de aeronaves que existe uma procura de aviões com emissão zero de carbono por parte das companhias aéreas.

A sustentabilidade é uma questão holística, pelo que, além de abordar diretamente as emissões de carbono provenientes dos voos, a easyJet está também a mitigar o impacto ambiental mais amplo das suas operações. Isto inclui:

  • Eliminar mais de 36 milhões de artigos de plástico de utilização única utilizados nos seus voos e continuar a assegurar que quaisquer resíduos residuais sejam reciclados tanto quanto possível, ao mesmo tempo que procura sempre mais formas de tomar medidas sustentáveis;
  • A introdução de novos uniformes de tripulação feitos a partir de garrafas de plástico reciclado. Quarenta e cinco garrafas vão para cada uniforme – com potencial para evitar que 2,7 milhões de garrafas de plástico acabem em aterros ou nos oceanos durante os próximos cinco anos. As peças de vestuário são fabricadas a partir de um material de alta tecnologia que é fabricado utilizando fontes de energia renováveis;
  • A sustentabilidade tem sido um fator chave na tomada de decisões sobre quais os fornecedores com quem a easyJet trabalha. Pela sua gama a bordo, a easyJet seleciona marcas que querem fazer a diferença, reduzindo a sua utilização de plástico e as suas emissões de carbono. Para apoiar um impulso para operar de forma mais sustentável, a produção de alimentos foi deslocada mais localmente, pelo que o produto percorrerá menos quilómetros para chegar ao seu destino, reduzindo a sua pegada global de carbono.

Galicia Meets Portugal reforça relações comerciais e institucionais no sector do turismo

Realiza-se, no dia 19 de maio, o evento Galicia Meets Portugal . Organizado pelo Cluster de Turismo da Galiza com o apoio da Xunta de Galicia-Axencia de Turismo de Galicia, o evento tem como grande objetivo a promoção da oferta turística da Galiza junto de uma seleção de operadores turísticos nacionais. Uma oportunidade para estreitarem relações comerciais com cerca de 30 operadores da Galiza e um incentivo para o desenvolvimento de negócios entre os dois países, a decorrer no espaço WOW, em Vila Nova de Gaia.

O evento Galicia Meets Portugal conta com a presença do Presidente do Cluster de Turismo da Galiza, Cesáreo González Pardal, do Presidente da Turismo do Porto e Norte de Portugal, Luís Pedro Martins, e do Vice presidente do Governo Regional da Galiza e Conselheiro Regional da Presidência, Justiça e Turismo, Alfonso Rueda Valenzuela, entre outros. Realiza-se, a partir das 19h00, no WOW em Vila Nova de Gaia, e inclui quatro grandes momentos:

  • Reuniões Business 2 Business (entre CEOs)
  • Jantar gastronómico galego da autoria do conceituado Chef Ivan Dominguez
  • Apresentação do Destino
  • Sorteio de experiências turísticas

Organizado com o objetivo de promover a oferta turística da Galiza, o Galicia Meets Portugal será uma excelente oportunidade para o reforço e para o desenvolvimento de relações  entre organismos oficiais, operadores turísticos e outros players do mercado, tendo como mote a oferta do destino e iniciativas como  o Ano Jacobeu 2021- 2022.

Rede Portuguesa de Arte Contemporânea a Norte assinala lançamento oficial com 14 exposições digitais

A Casa das Artes, no Porto, será a anfitriã do lançamento oficial da RPAC – Norte (Rede Portuguesa de Arte Contemporânea), evento que ficará marcado pela inauguração de 14 exposições digitais RPAC Norte na plataforma Google Arts & Culture. Disponíveis em português, inglês, espanhol e francês, as exposições podem ser consultadas a partir do próximo dia 20 de maio.

Entre outras presenças, o lançamento contará com a participação da Diretora Regional de Cultura do Norte, Laura Castro, do Presidente do Turismo do Porto e Norte, Luís Pedro Martins, do Diretor Geral das Artes, Américo Rodrigues, e de Helena Martins, Head de Políticas Públicas e Relações Governamentais do Google, que participará através de um depoimento em vídeo.

A manhã de 20 de maio assentará em alguns momentos-chave. Para além da apresentação oficial do projeto, destaque para o website www.rpacnorte.pt, para a divulgação dos primeiros vídeos promocionais da RPAC – Norte e para o lançamento das 14 exposições que passarão a integrar a página da RPAC – Norte  na Google Arts & Culture.

Agenda | 20 de maio | 11.00 | Casa das Artes (Porto):

  • Lançamento da Rede Portuguesa de Arte Contemporânea a Norte
  • Apresentação do Website rpacnorte.pt
  • Lançamento dos vídeos promocionais
  • Lançamento das exposições Google Arts and Culture

Iniciativa sem fins lucrativos da Google, a plataforma Google Arts & Culture tem como objetivo preservar e divulgar digitalmente expressões culturais de relevância global. A parceria entre a Google Arts & Culture e a Direção Regional de Cultura do Norte levou à criação de uma página única da Rede Portuguesa de Arte Contemporânea para a qual foram desenvolvidas 14 exposições elaboradas com a curadoria dos parceiros da Rede.

Disponíveis em português, inglês, espanhol e francês para pessoas de todo o mundo, as exposições retratam as mais diversas temáticas, como o percurso de alguns artistas contemporâneos, a apresentação das obras que integram as coleções permanentes e destaques sobre atividades e exposições desenvolvidas pelos equipamentos. Uma colecção que alberga, para já, mais de 200 imagens de alta qualidade de diversas obras de arte contemporânea e que pode ser alargada. Pode ser consultada a partir de dia 20 de maio, na plataforma, sob os motes:

  • O papel do inconsciente nos trabalhos dos surrealistas portugueses expostos na Fundação Cupertino de Miranda;
  • Os serviços e equipamentos disponíveis na Casa da Arquitetura, desde os arquivos ao serviço educativo;
  • Uma visão pelas exposições temporárias que estiveram patentes na Casa do Design;
  • Uma vista geral do Centro de Arte Contemporânea Graça Morais, com destaque ao mais recente trabalho da artista, “Inquietações”;
  • Uma apresentação de 11 dos artistas representados no Centro de Arte Oliva;
  • Uma visita às exposições de arte contemporânea que dialogam com a coleção permanente do Centro Internacional das Artes José de Guimarães;
  • As coleções de mais de 50 arquitetos disponíveis na Fundação Marques da Silva, destacando o processo de estudo e criação dos arquitetos e as obras de Marques da Silva na cidade do Porto;
  • Uma apresentação do conjunto patrimonial tutelado pela Fundação de Serralves;
  • Uma viagem pelos países que Júlio Resende visitou e que serviram para influenciar diretamente a sua obra, conforme exposto no Lugar do Desenho – Fundação Júlio Resende;
  • Uma viagem pela coleção do Museu Municipal Amadeo Souza de Cardoso começando pelas obras de Amadeo e mostrando outros artistas contemporâneos de Amarante e Portugal;
  • Um percurso por algumas das obras mais emblemáticas do Museu Bienal de Cerveira, resultante da Bienal Internacional de Arte de Cerveira desde 1978;
  • Uma visita ao Museu de Arte Contemporânea Nadir Afonso, que cruza obras de Siza Vieira e do pintor Nadir Afonso, assim como de outros artistas de renome;
  • Um percurso pelas esculturas ao ar livre espalhadas por Santo Tirso que integram o Museu Internacional de Escultura Contemporânea.

O website da RPAC – Norte será outro dos destaques do evento. Em www.rpacnorte.pt poderá encontrar informações sobre as coleções e/ou exposições temporárias de cada centro de arte/arquitetura; informações sobre a arquitetura/arquiteto de cada espaço; informações sobre as visitas, horários, localização, preços, serviços, acessibilidade e contactos; e conteúdos que associam as diferentes entidades à oferta cultural, gastronómica, e outros pontos de interesse, nos vários destinos.

Promovido pela Direção Regional de Cultura do Norte, com o apoio do Turismo do Porto e Norte de Portugal, o projeto RPAC-Norte procura dar a conhecer mais de 11 mil obras de arte, disponíveis em 11 cidades a Norte do país. Para além de potenciar a visita do público interno, com esta iniciativa pretende-se captar novos públicos, com foco nas regiões fronteiriças espanholas, dando-lhes conhecimento de rotas turísticas e culturais. Junta, pela primeira vez, 13 museus e centros de arte e de arquitetura contemporâneas na região Norte, numa iniciativa que visa a valorização territorial de 4 destinos turísticos distintos: Porto, Douro, Minho e Trás-os-Montes.