Artigos

Passaporte Cultural e Turístico convida à descoberta de Torres Vedras

O Passaporte Cultural e Turístico de Torres Vedras é o novo documento que convida a descobrir o concelho de Torres Vedras. Através da divulgação dos equipamentos culturais e da oferta turística, a iniciativa pretende dinamizar o turismo no território, proporcionando ofertas e descontos no acesso aos seus serviços. O Passaporte foi apresentado no passado sábado, 31 de julho, no Centro de Artes e Criatividade de Torres Vedras.

“É extraordinariamente importante que voltemos a fazer caminho e contribuir para voltar àquilo que foi interrompido com a pandemia” referiu a presidente da Câmara Municipal de Torres Vedras, Laura Rodrigues, apelando a que os turistas voltem a descobrir o território sem segurança. “Todos sabemos que temos um património natural, edificado e cultural que é digno de ser visitado, usufruído e vivido” destacou.

A vereadora do Turismo, da Cultura e do Património Cultural da Câmara Municipal, Ana Umbelino, recordou que a iniciativa acompanha a criação do Portal do Turismo, “surgindo no âmbito de uma estratégia de promoção do território”. Na ocasião, a vereadora aproveitou, ainda, para agradecer “o esforço, a resistência e a criatividade que foi demonstrada por todos os agentes turísticos, independentemente dos setores específicos de atividade em que atuam, durante este período particularmente difícil e exigente.”

Os portadores do Passaporte podem aceder gratuitamente a 9 equipamentos culturais do Concelho. São, ainda, divulgados 20 espaços de restauração, 7 espaços de enoturismo, 5 empresas de animação turística e 3 centros de saúde e bem-estar, onde a apresentação do Passaporte dará origem a descontos nos seus serviços e produtos.

O Passaporte Cultural e Turístico de Torres Vedras encontra-se em versão bilingue (português e inglês) e será disponibilizado nos empreendimentos turísticos e estabelecimentos de hospedagem, com o intuito de ser oferecido aos clientes no momento do check-in. O Passaporte estará, também, à venda nos Postos de Turismo de Torres Vedras e de Santa Cruz.

12 praias do concelho de Torres Vedras receberam Bandeira Azul

A Bandeira Azul vai ser hasteada em 12 praias do concelho de Torres Vedras, durante a próxima época balnear. As praias distinguidas com o galardão são: Azul, Centro, Física, Formosa, Foz do Sizandro, Mirante, Navio, Pisão, Porto Novo, Santa Helena, Santa Rita-Norte e Santa Rita-Sul.

Torres Vedras continua, assim, a ser o concelho da região com maior número de bandeiras azuis, sendo, também, uma referência nacional no que respeita a este galardão.

Em Portugal, a Bandeira Azul é atribuída pela Associação Bandeira Azul da Europa, constituindo-se como um símbolo de qualidade ambiental, “que distingue o esforço de diversas entidades em tornar possível a coexistência do desenvolvimento local a par do respeito pelo ambiente, elevando o grau de consciencialização dos cidadãos em geral, dos decisores em particular, para a necessidade de se proteger o ambiente marinho, costeiro e lacustre”.

Para a atribuição de uma Bandeira Azul a uma zona balnear são analisados 33 critérios que se dividem em quatro grupos: Informação e Educação Ambiental; Qualidade da Água; Gestão Ambiental e Equipamentos; e Segurança e Serviços.

Torres Vedras lança campanha para promover as praias da região

Num ano marcado pela pandemia de COVID-19, Torres Vedras também se afirma no mapa das zonas balneares portuguesas como um território onde as distâncias de segurança podem ser cumpridas com conforto e facilidade. Porque espaço significa saúde, Torres Vedras destaca-se pelos 20 quilómetros de areal, com 22 praias que prometem o espaço necessário ao cumprimento de todas as medidas de prevenção.

Além disso, este é mesmo o concelho do país com mais praias “Zero Poluição”. Segundo a ZERO – Associação Sistema Terrestre Sustentável, 10 das 68 zonas balneares sem qualquer poluição encontram-se no Concelho, o que significa que não foi detetada qualquer contaminação microbiológica nas análises às águas balneares nos últimos três anos.

A excelente qualidade da água vale, ainda, a distinção de 12 praias com “Qualidade de Ouro” pela Quercus, enquanto 12 praias irão hastear a Bandeira Azul. Afinal, desde 2009 que o concelho hasteia a bandeira “Quality Coast”, tendo sido um dos primeiros territórios do país a exibir este galardão europeu que comprova o seu excelente desempenho sustentável. Torres Vedras está mesmo no Top 100 de Destinos Sustentáveis, distinção atribuída pela “Green Destinations” que valoriza o trabalho em torno do turismo responsável e sustentável.

Saúde, segurança e sustentabilidade são as palavras-chave desta época balnear em Torres Vedras, onde praias, concessionários, restaurantes e hotéis estão prontos para receber todos os que queiram disfrutar das suas férias no Oeste de Portugal.