Já foram apurados os finalistas dos Xénios 2020 – Prémios de Excelência na Hotelaria, cujos vencedores serão conhecidos no congresso da ADHP que irá decorrer em Évora, no Évorahotel, de 15 a 17 de outubro.

Da votação apurada resultaram três empates no terceiro lugar o que levou a essas categorias tenham quatro finalistas, respectivamente, Melhor jovem Director, Melhor Director de F&B e Melhor Director Comercial, Marketing e Vendas.

LISTA DE FINALISTAS

Melhor Diretor de Hotel

  • Carlos Alves ‐ Grupo Vila Galé
  • João Sanches – Meliá Madeira Mare Resort & Spa
  • Luís Correia ‐ Grupo Flagworld

Melhor Diretor de Alojamento

  • Andreia Zorrinho – Pestana Cidadela Cascais
  • Luís Simões – Hotéis Vila Galé
  • Nuno Ricardo Pereira – Corpo Santo Lisbon Historical Hotel

Melhor Diretor de F&B

  • Miguel Maugi Santos – Hotéis Vila Galé
  • Rodrigo Borges de Freitas – Vila Petra
  • Rui Melo – Dom José Beach Hotel
  • Sandra Nunes – Herdade dos Adaens

Melhor Diretor Comercial, Marketing & Vendas

  • Nuno Ferrari – Olissippo Hotels
  • Pedro Garcia e Costa – JJW Hotels & Resorts
  • Pedro Mendes – Hotéis Alexandre de Almeida
  • Ricardo Barreto – Convento do Espinheiro

Melhor Jovem Diretor de Hotel

  • Filipe Beja Simões – Pousada Convento de Évora e Arraiolos
  • Manuel Carneiro – Grupo Selina
  • Pedro Miguel Castilho – Hotel Jardim Viana
  • Vera Sequeira – Pestana CR7 Funchal

Melhor Gestor de Potencial Humano

  • João Vieira – Corinthia Hotel Lisbon
  • Mara Leitão – Discovery Hotel Management
  • Rui Cristino – Martinhal Beach Resort & Hotel

Melhor Empresa de Outsorcing

  • Groupe GM – Amenities Exclusivos
  • Serlima Integrated Services
  • Talenter

O júri, composto por ADHP – Raul Ribeiro Ferreira, DIRHOTEL – Manuel Ai Quintas, AHRESP – Mário Pereira Gonçalves, Turismo de Portugal – Ana Paula Pais, ESHTE – Raul Filipe, U Lusófona – Mafalda Patuleia, ESHT Porto – Flávio Ferreira, Região de Turismo do Alentejo e Ribatejo – António Ceia da Silva, Publituris – Carina Monteiro, Turisver – José Luis Elias e Ambitur – Pedro Chenrim irá reunir-se no dia 12 de outubro para deliberar sobre os vencedores.

A ADHP agradece a todas as pessoas que contribuíram com o seu voto para o sucesso deste importante acontecimento para o setor.

Faleceu ontem, dia 25 de março, Manuel Fialho, do icónico restaurante O Fialho, em Évora, e considerado um dos maiores defensores e impulsionadores da gastronomia tradicional alentejana. 

Manuel Fialho foi uma personalidade incontornável da sociedade alentejana a quem a região e Portugal muito devem. Durante décadas comandou os destinos do Restaurante O Fialho, recuperando muitas das receitas tradicionais entretanto caídas no esquecimento, e ajudando a elevar o estatuto da gastronomia alentejana a uma das “almas gastronómicas de Portugal”. Foi também co-autor de diversas obras sobre o tema, destacando-se a coordenação da “Carta Gastronómica do Alentejo – Monumenta Transtaganae Gastronomica“.

Do seu vasto currículo destacam-se várias funções de âmbito associativo, sempre em defesa do “seu Alentejo”. Integrou várias equipas diretivas da Entidade Regional de Turismo do Alentejo e foi um dos fundadores da Agência de Promoção Turística do Alentejo, tendo primeiro ocupado cargos de direção e posteriormente de presidente da Mesa da Assembleia Geral; participou e foi conselheiro em inúmeros programas e projetos de desenvolvimento turístico; foi presidente da delegação da AHRESP em Évora durante quase duas décadas e membro fundador da Confraria Gastronómica do Alentejo. A própria AHRESP, em 2018, agraciou-o com medalha e diploma de honra por ter ajudado a elevar a gastronomia a “Património Cultural de Portugal”. Em 2010 a Entidade Regional de Turismo atribuiu-lhe o Prémio Personalidade, no âmbito dos prémios do Turismo do Alentejo, tendo posteriormente sido distinguido em 2016 com o Prémio da Agência Regional de Promoção Turística.

“O Alentejo perde uma figura de vulto que tanto contribuiu para a gastronomia, a cultura e o turismo do Alentejo” refere Vítor Silva, presidente da Agência de Promoção Turística do Alentejo, acrescentando que “embora hoje o Alentejo fique órfão de uma figura amada e admirada por muitos, Manuel Fialho deixa muitos discípulos numa geração de cozinheiros que, através do seu trabalho, lhe prestarão uma homenagem diária”.

Segundo António Ceia da Silva, presidente da Entidade Regional de Turismo do Alentejo, Manuel Fialho foi “uma grande referência não só para o Turismo do Alentejo, mas também de Portugal. Nunca teremos a noção daquilo que efetivamente lhe ficámos a dever. Mas, principalmente, foi um grande amigo, um companheiro de luta.”

João Prista von Bonhorst acaba de assumir o cargo de Hotel Manager do Tivoli Avenida Liberdade. Como Hotel Manager, João Prista von Bonhorst vem assumir a Direção das operações do Tivoli Avenida da Liberdade com o foco de consolidar e continuar o reposicionamento que o Tivoli passou durante os últimos dois anos.

João Prista von Bonhorst estava até ao momento na direção do Bairro Alto Hotel. O novo cargo de Hotel Manager do Tivoli Avenida Liberdade marca um regresso do profissional, uma vez que já tinha exercido funções no grupo Tivoli Hotels & Resorts entre 2007 e 2014.

Até aqui, João Prista von Bonhorst, para além das funções exercidas no Bairro Alto Hotel, já exerceu o cargo de diretor de operações no Hôtel Beau-Rivage Genève, em Genebra, na Suiça, e conta ainda com experiências profissionais anteriores no Four Seasons Hotel Ritz Lisbon, no The Bentley Kempinski, em Londres e no Hotel de Crillon, em Paris.

A MINOR HOTELS anuncia que Miguel Garcia, Diretor-Geral do Hotel Tivoli Avenida Liberdade, foi promovido a Diretor Regional de Operações da Minor Hotels para os Urban Hotels Portugal (o segmento de hotéis cidade).

Miguel Garcia, profissional com experiência de quase 20 anos no setor hoteleiro nacional e internacional, é Diretor-geral do Tivoli Avenida Liberdade desde 2018. Com esta promoção, irá agora acumular a direção geral com as novas funções de Diretor Regional de Operações dos Urban Hotels, com o objetivo de reforçar o posicionamento dos hotéis cidade, de que se destaca o reposicionamento do Tivoli Avenida Liberdade, o histórico hotel da cidade de Lisboa que pertence à Leading Hotels of the World.

Miguel Garcia iniciou a sua carreira passando por vários hotéis em Portugal, mas também no exterior, no Le Meridien Copacabana Hotel, Four Seasons Hotel & Resorts em Lisboa e Genebra.

Passou nove anos no Brasil onde foi Diretor Geral do Hotel Ponta dos Ganchos Exclusive Resort, Relais & Chateaux, localizado em Florianopólis. Foi também Diretor de Operacões do Belmond Copacabana Palace (três anos) e Diretor Geral do Tivoli São Paulo Mofarrej, localizado no bairro dos Jardins, na capital Paulista, transformando e reposicionando o Hotel, sendo hoje reconhecido como referência nesta grande cidade.

Em 2018 regressou a Portugal para assumir duas unidades da Minor Hotels no centro da cidade de Lisboa, onde hoje assume a Direção Regional de Operações dos Urban Hotels.

O profissional transita do Grupo Pestana Pousadas de Portugal, onde iniciou a carreira há 15 anos. Antes de se juntar à equipa do YOTEL Porto, Nuno Godinho desempenhou o cargo de Unit Manager na Pousada Castelo de Óbidos, onde esteve desde abril de 2017. Entre 2011 e 2017, o profissional foi Unit Manager na Pousada Mosteiro do Crato, tendo anteriormente passado pelo Pestana Kruger Lodge, na África do Sul, Pousada de Viseu, Pousada Convento de Arraiolos e Pousada Palácio de Queluz.

Formado em Gestão Hoteleira pela Escola de Hotelaria e Turismo de Coimbra, Nuno Godinho especializou-se, ao longo da sua carreira, em Coaching, Liderança e Gestão Comportamental. O profissional conta ainda com um Master in Leadership and Management pela AESE – Business School e Management Insights in Hospitality pela Católica Lisbon School of Business and Economics. 

No YOTEL Porto, Nuno Godinho será responsável pelo desenvolvimento e implementação da estratégia de negócio, gestão da equipa e recursos da unidade hoteleira, bem como a coordenação operacional.

“É com imenso orgulho e entusiasmo que me junto à equipa YOTEL, acrescido pelo facto desta estreia, em Portugal, ter lugar a norte. Este já está a ser um projeto verdadeiramente desafiante, a todos os níveis. A marca YOTEL traz à indústria da hotelaria um conceito totalmente distinto, assumidamente tecnológico, e muito diferente do já existente no nosso país. Além disso, temos a certeza de que será uma mais valia para a região do Porto que, ano após ano, tem alcançado recordes e prémios incríveis. É fulcral aumentar, melhorar e atualizar a oferta turística da região e estamos ansiosos por contribuir para tal”, afirma Nuno Godinho.

Concebido em função das necessidades dos hóspedes, o YOTEL integra os elementos essenciais dos hotéis de luxo em espaços menores, com quartos inspirados na primeira classe das companhias aéreas.

O YOTEL Porto, que será inaugurado no segundo trimestre de 2020, está localizado na Rua de Gonçalo Cristóvão, terá 153 quartos, ginásio, espaços comuns para trabalhar, restaurante e um sky bar no rooftop, com vista sobre a cidade, acessível a hóspedes e visitantes. Este é um projeto detido pela United Investments Portugal, representando um investimento de 30 milhões de euros na cidade do Porto.

A ADHP – Associação de Diretores de Hotéis de Portugal vai abrir as candidaturas aos Xénios 2020, Prémios de Excelência na Hotelaria a partir de dia 27 de janeiro. Estes prémios visam distinguir os diretores hoteleiros, reconhecendo os profissionais de hotelaria e as empresas do sector ou que nele operam, que se destacaram em 2019, nas suas diferentes áreas ou departamentos de atuação.

“A atribuição destes prémios têm um significado muito especial para a ADHP, dado que esta associação tem tido como uma das principais metas a qualificação e o crescente reconhecimento do papel de Diretor de Hotel, uma função basilar neste tipo de organizações, do ponto de vista estratégico, de negócio e humano”, destaca Raúl Ribeiro Ferreira, presidente da ADHP.

Os prémios distinguem os diretores hoteleiros em diferentes categorias – Melhor Diretor de Hotel, Melhor Diretor de Alojamentos, Melhor Diretor de F&B, Melhor Diretor Comercial/Marketing/Vendas, Melhor Jovem Diretor, Melhor Gestor de Potencial Humano assim como Melhor Empresa de Outsourcing/Parceiro de Negócios. A direção da ADHP atribuirá também o Prémio Carreira a uma individualidade do sector hoteleiro.

As candidaturas aos Prémios Xénios decorrerão de 27 de janeiro a 7 de fevereiro bastando para isso enviar um mail para geral@adhp.org justificando a sua intenção juntamente com o CV atualizado. Os associados da ADHP poderão também propor candidatos a qualquer das categorias.

Os candidatos serão posteriormente submetidos a votação online no site do Congresso e os três mais votados em cada categoria serão analisados por um júri constituído por personalidades do setor do Turismo.

A cerimónia de entrega da 8ª edição dos Prémios Xénios – Excelência na Hotelaria 2020 decorrerá, como habitualmente, durante o jantar do 16º Congresso da ADHP, no dia 2 de Abril.

Manuel Carneiro, que no último ano desempenhou funções de General Manager do Selina Porto, acaba de ser nomeado Regional Manager da região norte de Portugal do Grupo Selina, ficando responsável por toda a gestão das unidades norte do grupo: Porto, Navis Cowork e Gerês. Para 2020 estão previstas novas aberturas na região, nomeadamente Coimbra, que ficarão também sobre gestão de Manuel Carneiro. O Selina Porto alcançou no seu segundo semestre de atividade mais de 1.5 milhões de euros em faturação.

O Grupo Selina emprega atualmente mais de 100 pessoas no país e tem 6 unidades em funcionamento (Selina Porto, Selina Ericeira, Selina Secret Garden Lisbon, Selina Milfontes, Selina Navis Cowork e Selina Gerês). O investimento global do Selina em Portugal, até à data, encontra-se nos 75 milhões de euros. Nos próximos quatro anos, Selina planeia abrir mais de 20 hotéis em Portugal com cerca de 7500 camas.

O Grupo Selina na Europa está atualmente presente no Reino Unido, Grécia e Portugal. Prevê abrir em 2020 unidades na Alemanha, Áustria, Espanha, Israel e Marrocos.

Anteriormente Manuel Carneiro trabalhou como Supervisor de F&B no Hotel Palace Downtown no Dubai, Sub Diretor Comercial dos Hoteis Belver, diretor de F&B e Eventos e posteriormente Subdiretor do Hotel Vincci Porto.

Marta Manso, até aqui Assistente de Direção do NAU Salema Beach Village, unidade situada no concelho de Vila do Bispo, assumiu no início deste ano o cargo de Diretora do empreendimento turístico do grupo NAU Hotels & Resorts.

Formada em Gestão Hoteleira pela Universidade do Algarve, a nova diretora está desde 2013 no grupo NAU Hotels & Resorts, onde iniciou funções como Guest Relations do polo Salgados Dunas Suites e Salgados Vila das Lagoas, localizado em Albufeira, na Herdade dos Salgados. Em abril de 2016 a profissional transitou para a unidade da vila piscatória de Salema, onde participou na abertura e executou funções enquanto Assistente de Direção.

Nesta unidade do grupo NAU conquistou, com toda a equipa do NAU Salema Beach Village, da qual a Marta faz parte desde do início de criação do projeto, a maior pontuação de entre todas as unidades do grupo nas plataformas de review e satisfação de clientes, sendo por isso um exemplo da missão da empresa em “Leading Guest Happiness”.

O grupo NAU Hotels & Resorts tem implementada uma estratégia de promoção e retenção de talentos, assente na valorização de carreiras que enalteçam as competências e os atributos pessoais e profissionais dos seus colaboradores.

Vitor Silva, diretor de Recursos Humanos do InterContinental Lisbon, foi reconhecido com o primeiro lugar no ranking Best Team Leaders 2019, na competência de comunicação e nomeado o 4º melhor no ranking nacional daquele estudo. Os prémios foram entregues dia 12 de dezembro, numa cerimónia que decorreu no Casino Estoril.

As distinções atribuídas ao diretor de Recursos Humanos do InterContinental Lisbon colocam-no no grupo de melhores líderes de Portugal. Para Vitor Silva, este é um “reconhecimento que me deixa bastante orgulhoso e feliz. As pessoas são, de facto, o coração de uma empresa e é com um gosto enorme que convivo todos os dias com a minha equipa, que está sempre motivada por fazer mais e melhor e alcançar os objetivos que lhes são propostos”, afirma.

O ranking Best Team Leaders avalia e reconhece publicamente, desde 2012, os melhores líderes nacionais, de forma independente. O estudo tem em conta, sobretudo, a opinião dos próprios elementos da equipa (“liderados”), que avaliam anonimamente o gestor quanto às suas características pessoais, desempenho da equipa, dos colaboradores e da própria empresa.

Licenciado em Gestão de Recursos Humanos e Psicologia do Trabalho, Vitor Silva é Diretor de Recursos Humanos do InterContinental Lisbon com responsabilidades alargadas ao Hotel Crowne Plaza Porto. Desde 2015, coordena também na figura de Cluster a Direção de Recursos Humanos do InterContinental Cascais-Estoril. É responsável pela direção, planeamento e coordenação das políticas de Recursos Humanos; Desenvolvimento do Capital Humano; Relações Laborais e pivot nas medidas de Responsabilidade Social, Diversidade e Inclusão.

Vitor Silva iniciou o seu percurso profissional como Técnico de Recursos Humanos no Hotel Le Meridien Porto, tendo posteriormente assumido a função de Responsável de Formação e a Direção de Recursos Humanos do Hotel Le Meridien Lisboa.