Faro e Olhão colaboram em projeto de Realidade Aumentada para a Ria Formosa

Projeto do Município de Faro, em parceria com autarquia de Olhão, foi um dos três distinguidos, de 13 apresentados a nível nacional, e vai contar com financiamento do Turismo de Portugal no valor de 125 mil euros

Um projeto inovador desenvolvido pelos Municípios de Faro e Olhão foi um dos três distinguidos a nível nacional pelo Turismo de Portugal e pelo Instituto de Planeamento e Desenvolvimento do Turismo no âmbito da segunda edição do Programa Nacional de Qualificação Local Autárquica para o Turismo. Este projeto consiste na criação de um mapa interativo da Ria Formosa, com recurso a realidade aumentada, que vai permitir identificar pontos de interesse, espécies protegidas, gastronomia, sítios emblemáticos ou ofertas culturais.

Esta iniciativa do Município de Faro, em parceria com a autarquia de Olhão, que recorre a tecnologia de ponta, foi um dos três projetos distinguidos, de um total de 13 apresentados a nível nacional.

Esta aplicação, cujas características vão de encontro à Estratégia do Turismo 2027 e que será financiada pelo Turismo de Portugal com um montante de 125 mil euros, visa promover e dinamizar este ecossistema única a nível nacional e internacional, tendo em conta a sensibilização ambiental, o conhecimento associado às espécies, nomeadamente o cavalo marinho, a sua preservação, bem como os aspetos ligados à vida dos pescadores e de quem vive de, e na Ria Formosa. O objetivo passa por aumentar o interesse por este destino de excelência para o turismo de Natureza.

Através da tecnologia da Realidade Aumentada, que permite sobrepor elementos visuais à nossa visão de realidade, os visitantes poderão ficar a saber curiosidades, agendar visitas, solicitar pedidos de informação, fazer partilhas nas redes sociais, entre outras experiências.

Entre os principais fatores para a escolha deste projeto, destacam-se a natureza coesa dos dois territórios (Faro e Olhão), a diferenciação e inovação da proposta e ainda a sua preocupação em assegurar a valorização económica deste património natural, ao mesmo tempo que garante a sustentabilidade ambiental e manutenção do modo de vida da comunidade local.

Este projeto vai agora contar com a tutoria de um responsável do Turismo de Portugal, que visa concertar a ideia proposta e ajudar os proponentes na estruturação do projeto de desenvolvimento final.

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.