A Doca de Santo Amaro da Marina de Lisboa, sob gestão da Administração do Porto de Lisboa (APL), renovou pelo sexto ano consecutivo o galardão do Programa Bandeira Azul (PBA) da Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE), para 2021.

Durante a próxima época balnear vão poder hastear a Bandeira Azul mais 12 praias, menos duas marinas e mais duas embarcações de ecoturismo. Este ano, a ABAE anunciou a Bandeira azul para 372 praias, 16 Portos de Recreio/Marinas e 11 Embarcações Ecoturísticas, eleitos por um Júri Internacional, um aumento de 12 Bandeiras Azuis em relação a 2020.

Entre os 53 países que desenvolvem o Programa Bandeira Azul, Portugal manteve em 2021 o sexto posto, considerando o número total de Bandeiras Azuis atribuídas.

O galardão Bandeira Azul, atribuído pela primeira vez em 2015 à Doca de Santo Amaro, e renovado sucessivamente desde então, tem contribuído para um crescimento sustentado. bem como para o contínuo desenvolvimento de uma estratégia integrada das docas de recreio de Lisboa. A doca de Santo Amaro é a única doca com bandeira azul gerida por uma entidade pública.

Esta renovação veio premiar, uma vez mais, a estratégia seguida pelo porto de Lisboa, que tem como meta criar, desenvolver e potenciar condições e formatos que acompanham a atividade náutica, nomeadamente para melhora as condições e serviços disponibilizados nas suas docas de recreio.