Artigos

Desinfeção de SARS-COV-2 com Ácido Peracético – PHAGO’SPORE

A Christeyns apresenta um produto desinfetante versátil com base em Ácido Peracético (PAA), para aplicação em todo o tipo de superfícies – PHAGO’SPORE.

O Ácido Peracético (PAA) é uma substância ativa com um amplo espectro de desinfeção, cuja fórmula resulta do equilíbrio gerado pela reação do ácido acético com peróxido de hidrogénio, e são estes os resíduos que o produto forma quando está em decomposição, ou seja, é seguro depois de degradado.

Esta substância ativa é aplicada em diversas áreas de limpeza e desinfeção na higiene profissional, indústria alimentar e de bebidas, lavandaria industrial, indústria de papel ou tratamento de águas e efluentes.

O PHAGO’SPORE é produto que se adequa a todo o tipo de superfícies laváveis a molhado, e se enxaguado, em superfícies que estarão em contacto com alimentos. Além do PAA, a fórmula do produto contém outras matérias ativas que lhe confere tempos de contacto reduzidos, para uma desinfeção evidente.

O produto PHAGO’SPORE tem as certificações emitidas pelas diferentes normas EN de Bactericida, Fungicida, Virucida e Esporicida, de acordo com a tabela em anexo.

TESTE CONCENTRAÇÃO TEMPO
BACTERICIDA    
EN 1276 condições sujas

(P. aeruginosa e E.hirea)

80% 1 min
EN 13697 condições sujas

(P. aeruginosa, S. aureus, E coli. e E.hirea)

10% 5 min
EN 13727 condições sujas

(P. aeruginosa, E coli. e E.hirea)

8% 5 min
FUNGICIDA    
EN 13697 condições sujas (C.albicans e A. Niger) 100% 15 min
VIRUCIDA    
EN 14476:2011 condições sujas (Poliovirus tipo 1) 100% 15 min
EN 14476:2011 condições sujas (Adenovirus tipo 5) 100% 5 min
EN 14476:2011 condições sujas (Murine norovirus) 100% 5 min
ESPORICIDA    
EN 13704 condições limpas (C.difficile) 100% 10 min
EN 13704 condições limpas (B.subtilis) 80% 15 min
EN 13697 condições sujas (C.difficile) 50% 15 min

É fornecido com uma cabeça pulverizadora espumante, evitando a formação de vapor e protegendo os utilizadores na aplicação do produto.

A Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos (EPA) descreve o ácido peracético como uma substância ativa ideal, devido ao seu alto potencial oxidativo na membrana externa para os diferentes tipos de microorganismos. Na literatura científica, bem como nas recomendações recentemente emitidas pelas autoridades de saúde, é possível encontrar dados sobre a eficácia das substâncias ativas presentes em produtos à base de PAA (PAA e peróxido de hidrogénio) contra SARS-CoV-2.

A eficácia biocida, a ausência de resíduos e a fácil aplicação, tornam o PHAGO’SPORE um produto biocida cada vez mais necessário.

Por Alexandre Maiau – Christeyns

Christeyns Portugal debate tema Listeria na Escola Superior de Biotecnologia da Universidade Católica

A Christeyns Portugal, especialista em química aplicada, debate a “Listéria na Indústria Alimentar” num Seminário que acontece hoje no auditório de Biotecnologia da Universidade Católica, no Porto, e que conta com a presença de responsáveis de diversas entidades entre as quais da Direção Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV), Escola Superior de Biotecnologia da Universidade Católica Portuguesa, Instituto Superior de Agronomia da Universidade de Lisboa, Instituto Politécnico de Viana de Castelo, e responsáveis e especialistas da Christeyns-Betelgeux Espanha e Portugal.

Com alguns casos graves reportados no final de agosto, em Espanha, e que sublinharam a importância do debate desta temática, a listeriose, infelizmente, tem adquirido uma posição muito relevante como infeção de origem alimentar. Causada pelo consumo de alimentos contaminados por Listeria monocytogenes e que é particularmente grave em indivíduos imunodeprimidos, os casos registados por esta bactéria são baixos, embora seja o principal motivo nas causas de morte por doença transmitida por alimentos.

A Listeriose é uma doença que pode ser transmitida em diversos tipos de alimentos como lacticínios (leite não pasteurizado, queijo fresco, etc), peixe, frutos do mar, carne, e vegetais crus. Os sintomas incluem os tradicionais de intoxicação alimentar, como náuseas, vômitos, dores, febre e diarreia. Nos casos em que não é tratada, pode se espalhar pela corrente sanguínea e ir para o sistema nervoso, resultando em meningite, que pode ser fatal.

João Fial, Manager Director da Christeyns Portugal, afirma a este propósito, “Este é o segundo debate que promovemos este ano, em Portugal. O primeiro foi em maio, em Vila Franca de Xira, e a importância é tal, e o impacto da doença, que sentimos importante voltar a debater esta problemática e os temas que se prendem com a indústria alimentar e a higienização, sabermos os pontos críticos e as técnicas que estão disponíveis. A Christeyns é uma empresa especialista e líder no mercado europeu nos temas de higienização e prevenção. Com os nossos produtos de alta qualidade, os conceitos inovadores que usamos e uma equipa formada e especialista no tema, a Christeyns é a especialista líder em Higiene Alimentar.”