Pedro Cruz e Andreia Costa são os vencedores do Minho Young Chef Awards – 2020

Um galo marinado em vinho verde, esparregado, crocante de batata e um pickle de cebolinha deram o primeiro lugar a Pedro Cruz no Minho Young Chef Awards 2020 (MYCA) . O jovem de 18 anos foi o grande vencedor do evento que juntou o talento dos estudantes de gastronomia da região minhota.

A terceira edição do MYCA – Minho Young Chef Awards aconteceu dia 17 de dezembro na renovada praça de alimentação do Mercado Municipal de Braga.  “Foi um desafio conseguir encaixar as provas de sala e bar com as de cozinha, mas penso que no final  o resultado foi fantástico. Proporcionamos um trabalho de equipa mesmo entre diferentes escolas.”, afirmou Rafael Oliveira.

Pedro Cruz, da ETAP, foi o vencedor da categoria de Chef de Cozinha, com o prato inovador “Galo Contradição”. Pedro inspirou-se na cidade de Barcelos e na primeira refeição que confecionou com o avô. “Escolhi o usar o galo para representar a minha cidade e para honrar o meu avô e o primeiro prato que cozinhei com ele”, explica.

O domínio técnico e do storytelling foi fundamental para a atribuição do prémio ao Pedro. “O Pedro foi um concorrente que se destacou pela originalidade, técnica e preservação dos sabores e aromas tradicionais”, explica António Loureiro, presidente de júri.

A Andreia Costa, da Escola Profissional Amar a Terra Verde, foi a vencedora da categoria de Chef de Sala e Bar. O “Cocktail Jardim de Amores” foi o elemento preferido da jovem de Vila Verde, confecionado com vinho verde, Gin Valley e um xarope de laranja.

Esta edição contou ainda com a atribuição do Prémio Território ao André Carvalho que confecionou uma sopa seca à moda do minho porque, explica o jovem, “é um prato pouco conhecido mas que representa muito bem a região minhota”.

O chef estrela Michelin, António Loureiro, foi um dos membros dos júris que avaliou os seis pratos que os três participantes executaram. O restante júri de cozinha foi composto pelo chef Renato Cunha, chef Francisco Pavão, chef José Vinagre, Carlos Fernandes, Rui Miguel e pelo vencedor MYCA 2019, Rui Meira.

Este ano, o MYCA contou com novos prémios: o Melhor Serviço de Mesa para Mário Gonçalves, a Melhor Harmonização de Vinho e Cerveja para a Andreia Costa e o Melhor Serviço de Cafetaria para a Cátia Gonçalves. Os prémios foram oferecidos pela Letra, Soalheiro, Cafés Christina e Novumdux.

O evento decorreu dia 17 de dezembro no Mercado Municipal de Braga e Rafael Oliveira afirma que “a aproximação dos jovens chefs aos produtores locais foi muito bem conseguida e é uma experiência a repetir nos próximos anos”.

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.